Internacional vence mais uma vez o Cruzeiro e está na final da Copa do Brasil

O Internacional venceu o Cruzeiro por sonoros 3×0 e confirmou a classificação para a final da Copa do Brasil. O adversário será o Athletico Paranaense

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Twitter Oficial - Internacional

O JOGO

Um Cruzeiro desorganizado e desesperado para alcançar o resultado. Enquanto o Internacional, soube explorar o nervosismo e os espaços do adversário, e venceu com certa facilidade a equipe mineira.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

PRIMEIRO TEMPO

Um jogo lá e cá. Com oportunidades para ambas as equipes. O Cruzeiro de Ceni já foi ao ataque no início, mas a resposta era sempre rápida. Com 3 minutos de jogo, as duas equipes já haviam finalizado.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Mesmo com mais posse de bola, a equipe mineira travava na boa marcação da saída de bola do Internacional. O trio de ataque com Nico Lopez, D’Alessandro e Guerrero dava muito trabalho nos contra ataques.

A melhor chegada do Cruzeiro foi aos 33 minutos, quando Thiago Neves bateu de fora da área com muito perigo. Mas ainda sim, as melhores chances eram do Inter. Tanto que, aos 39, a recompensa colorada veio.

Em mais um contra ataque, Nico Lopez fez boa jogada pela esquerda. Levou dois marcadores, ‘travou’ a jogada e viu D’Alessandro livre pela direita. O argentino dominou e cruzou pra Guerrero cabecear livre pro fundo do gol. Internacional 1×0 Cruzeiro.

A resposta do time de Ceni foi rápida. Marquinhos Gabriel aproveitou sobra e bateu firme, mas Lomba espalmou. E o primeiro tempo ficou nisso.

SEGUNDO TEMPO

Com o placar ainda mais adverso, o Cruzeiro teve que ir pra cima de vez. Com Fred em campo, os meias começaram a procurar o atacante em jogadas aéreas ou de pivô. Fator que não havia no primeiro tempo, devido à ausência de uma referência no ataque. Mas a zaga do Inter muito bem postada, conseguiu anular o centroavante.

O Internacional continuava sendo mais efetivo com menos posse de bola. Aos 10 minutos, Patrick e Nico Lopez já haviam assustado em jogadas individuais. Enquanto o Cruzeiro chegava de maneira extremamente desorganizada e até desesperada.

Aos poucos, a partida ficou com completo domínio do time da casa. Os jogadores de frente tinham autonomia para jogadas de efeito e as executavam muito bem. Mais uma recompensa pela atuação veio aos 24 minutos. E mais uma vez com Guerrero. Nico Lopez dá a bola pingando por cima da zaga para o atacante peruano. Ele matou no peito e encheu o pé para fazer um golaço no Beira-Rio. Internacional 2×0 Cruzeiro.

Ainda deu tempo de mais um lindo gol na noite desta quarta. Victor Cuesta deu lançamento do campo de defesa, diretamente pra Edenilson. O meia recebeu a bola também pingando e tocou por cima de Fábio. Internacional 3×0 Cruzeiro. Vitória com propriedade, e no ritmo de um merecido finalista da Copa do Brasil.

LEIA MAIS
Guipa pede saída de Alexandre Mattos e aprova chegada de Mano Menezes no Palmeiras: “Só deixar o homem trabalhar!”