Jean Pyerre fala sobre golaço contra o Goiás e volta à posição de origem: “tô mais acostumado”

Eleito o melhor jogador da partida deste domingo (15), na goleada por 3 x 0 sobre o Goiás na Arena, Jean Pyerre aumentou a autoestima com a torcida tricolor com a sua apresentação diante dos goianos

Andressa Fischer
Gaúcha, 22 anos | Escrevo sobre vôlei, futebol feminino e dupla Gre-Nal.

Crédito: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Autor do primeiro gol do Grêmio sobre o Goiás, Jean Pyerre recebeu de Éverton aos 29 minutos do primeiro tempo, e colocou com categoria no ângulo de Tadeu, sem chances de defesa para o goleiro adversário.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique aqui e se inscreva!

“Eu sempre trabalhei pelo fato de eu sei mais técnico, e não ser tão veloz. Então eu tenho que usar as armas que eu tenho. Eu fico muito feliz de hoje poder ajudar. Fazia tempos que eu vinha buscando esse gol de fora da área, só tinha feito de bola parada. E hoje eu fui feliz, e pude fazer esse belo gol pra gente”, disse sobre o gol contra o Esmeraldino.

Foi o quinto gol, em 39 jogos do meia pelo Tricolor Gaúcho na temporada 2019. Atrás apenas de Éverton com 16, e Luan e Pepê com sete tentos marcados.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“Quando eu subi pro profissional era meio tímido até pra treinar falta. Até que teve um dia que o pessoal começou a chegar em mim, ‘pô, você bate (bem) na bola, porque você não tá treinando falta, vai lá, tenha personalidade’, e eu comecei a treinar falta, que eu já batia, mas tinha medo do pessoal“, continuou.

Jean Pyerre comenta sobre possível volta a sua posição de origem

Com as recentes lesões no elenco gremista, e as recentes boas apresentações de Luan vindo do banco de reservas, Renato Portaluppi tem testado o camisa 21 como volante nos treinos, sua posição de origem.

“Eu pego sempre a bola de frente, e também vejo mais o jogo, não fico tão de costas pro campo, mais de lado. Então acho que eu já tô mais acostumado, porque eu fiz a minha base toda ali. Na forma que eu venho jogando, são coisas que eu tô aprendendo ao longo do ano. A me posicionar, e entrar na área, tudo o que eles me cobram”, comentou sobre voltar a atuar de volante.

“E sempre que eles quiserem me botar de volante, eu tô aqui pra ajudar, assim como eu tô aqui de meia”, concluiu.

LEIA MAIS

Torcida do Grêmio exalta atuação de Jean Pyerre na goleada sobre o Goiás