Mercado da Bola: filho de brasileiro, Leonardo Bittencourt é chamado de “jogador dos sonhos” por técnico do Werder Bremen

Leonardo Bittencourt, o “jogador dos sonhos”, é filho de ex-jogador do Fluminense

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores

Crédito: SV Werder Bremen/Reprodução

O Werder Bremen apresentou, nesta terça-feira (03), o “jogador dos sonhos”. Ao menos é assim a maneira com que Florian Kohfeldt, técnico da equipe, se referiu a Leonardo Bittencourt. O nome não é por acaso: o atleta é filho de pais brasileiros. O progenitor, por sinal, é ex-jogador de futebol. Trata-se de Franklin, revelado pelo Fluminense e com passagem pelo Bragantino, mas que jogou boa parte de sua carreira na Alemanha.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Os elogios de Kohfeldt prosseguem. “Ele é um jogador tecnicamente forte, que pode ser usado no meio-campo ofensivamente no centro, mas também nas pistas externas. Ele é um jogador experiente da Bundesliga (Campeonato Alemão) que enriquece nosso jogo ofensivo com suas qualidades”, pontuou. Eis as características do “jogador dos sonhos”.

A curiosidade é que Bittencourt estava publicamente insatisfeito em sua antiga equipe, o Hoffenheim. O motivo é a atmosfera do clube. “Para mim, pessoalmente, não foi tão divertido jogar lá. Eu também sou o tipo emocional de jogador de futebol. Sempre tento envolver os fãs. Esse é o meu lado brasileiro”, afirma o “jogador dos sonhos”. A antiga equipe é mantida pela SAP, empresa que mantém um software de gestão de empresas. Antes da chegada da multinacional, o clube era semi-profissional. Por conta disso, a fama do clube de Sinsheim é a de ser artificial.

Sobre Leonardo Bittencourt

O “jogador dos sonhos” foi revelado pelo Energie Cottbus, equipe pela qual seu pai se aposentou – e até hoje trabalha como olheiro. Na temporada 2012/2013, chegou ao Borussia Dortmund. Depois, passou por Hannover 96, Colônia e Hoffenheim.

LEIA MAIS
Após perder de 5×0, técnico alemão afirma que quer jogar: “Não me importo com quem virá ao meu lado”
Técnico da equipe de jovem promessa revelado no Vasco quer vê-lo em nova posição

Após não conseguir subir para a Bundesliga, Hamburgo acaba com uma das principais tradições esportivas do país