Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Manchester City: Após ser acusado de racismo, Bernardo Silva pede desculpas por causa de tweet sobre Mendy

Em um post no Twitter, o jogador havia comparado Mendy a um personagem de embalagens de chocolate da Conguitos

Samuel de Brito
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Laurence Griffiths/Getty Images

O português Bernardo Silva se desculpou com a Federação Inglesa por qualquer ofensa causada em seu tweet sobre Benjamin Mendy, através de uma carta. Em um post durante a semana no Twitter, o meio-campista do Manchester City postou uma foto do companheiro de equipe, Benjamin Mendy, comparando-o quando criança a um personagem de embalagens de chocolate da Conguitos.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

 This was the tweet that landed Silva in hot water

Reprodução/Twitter Bernardo Silva

Ele foi criticado nas redes sociais e a Associação de Combate ao Racismo ‘Kick Out’ pediu na segunda-feira para que a Federação tomasse medidas. A associação já tinha também notificado o Manchester City, solicitando informações ao clube.

Bernardo Silva agora escreveu uma carta pessoal explicando que ele não quis ofendê-lo e lamentou qualquer ofensa que seu tuíte tenha causado. Ele também enviou uma declaração de Mendy informando que o francês não havia se sentido ofendido.

Antes da vitória do Manchester City contra o Everton, no sábado, Guardiola disse que seria errado julgar Bernardo pelo que ele chamou de “piada”. “Foi apenas uma piada. Benjamin é como um irmão de Bernardo. E o mesmo da outra maneira. É o que vejo todos os dias em treinamento.” Os dois são amigos desde os tempos em que ambos jogavam no Mônaco.

Guardiola disse ainda que: “As pessoas que julgam Bernardo não o conhecem. Ele é uma pessoa excepcional. Concentrem-se em outros assuntos, não em Bernardo. Era só uma piada. O mesmo aconteceu mil vezes com pessoas brancas. Foi um desenho animado”.

E acrescentou: “Se alguém se ofender, eu posso entender. Bernardo talvez faça uma lição e isso não acontecerá novamente”.

LEIA MAIS:

Philippe Coutinho aproveita a Oktoberfest com os colegas do Bayern

Caso Griezmann: jornal espanhol critica sanção econômica contra o Barcelona