Max Verstappen comenta sobre possível parceria com Charles Leclerc

Max Verstappen revelou que gostaria de dividir os boxes com o monegasco e afirmou que não teriam problemas como a antiga dupla da Mercedes

Carlos Henrique Correia
Colaborador do Torcedores

Crédito: Mark Thompson/Getty Images

Duas jovens estrelas do atual cenário da Fórmula 1, Max Verstappen e Charles Leclerc ocupam a terceira e a quarta posição, respectivamente, na tabela de classificação do campeonato mundial de 2019.

Juntos, protagonizaram momentos eletrizantes na atual temporada. Na Áustria, por exemplo, o piloto da Ferrari liderou boa parte da prova, mas viu o carro 33 ultrapassá-lo a poucas voltas do fim da corrida.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Uma curiosidade é que após o término da prova, a ultrapassagem, foi revisada e só depois confirmada para o piloto da Red Bull. Na corrida seguinte, foi a vez de Leclerc se defender de forma triunfal do adversário.

Ao ser questionado sobre uma futura parceria de ambos no futuro, o filho de Jos, ex-piloto, não descartou a possibilidade. “Charles e eu poderíamos nos dar bem na mesma equipe”, comentou. E completou com ainda mais firmeza, “Ambos queremos vencer, mas respeitamos um ao outro. Não nego que poderiam haver conflitos, mas não seria como Hamilton e Rosberg na Mercedes”.

Na atual temporada, ocupam papel de protagonista em suas equipes. O companheiro de Sebastian Vettel passou a ser o principal piloto da equipe no decorrer da temporada, pois o tetracampeão era a principal aposta da equipe italiana para o ano. Já Max Verstappen começou a temporada como o piloto número 1 da equipe, depois de ter brilhado em 2018.

Atualmente, juntos já conquistaram, em 2019, quatro vitórias, 12 pódios e 367 pontos e estão atrás apenas dos líderes, Lewis Hamilton e Valteri Bottas, da Mercedes.

A próxima etapa da temporada será no próximo dia 22, em Singapura.

LEIA MAIS

GP da Itália rende maior audiência para Globo em sete anos