Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Meia do Manchester City critica Jorge Jesus e diz: “Não somos amigos”

Bernardo Silva relembrou seu início no Benfica, época que o time português era comandado por Jorge Jesus, atual técnico do Flamengo

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: Alexandre Vidal/Flamengo

Um dos principais jogadores do Manchester City, o meia português Bernardo Silva concedeu uma entrevista exclusiva ao jornal Daily Mail e falou sobre diversos assuntos em sua carreira, entre eles o seu início de carreira no Benfica, época que era comandado por Jorge Jesus, atual técnico do Flamengo. Hoje um dos principais jogadores do mundo, Bernardo Silva não era utilizado por Jesus e não ficou feliz pelo fato.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Extremamente elogiado por Pep Guardiola no Manchester City, Bernardo Silva já teve seus dias ruins no futebol, logo quando surgiu no Benfica não era muito aproveitado pelo então treinador Jorge Jesus e em uma entrevista ao jornal inglês Daily Mail falou sobre o assunto e afirmou que não é amigo de seu ex-comandante.

“Ele acreditava que eu não tinha qualidade suficiente para jogar no Benfica naquela altura. Tive de seguir outro caminho. Não tenho problemas com ele, como um todo, mas também não somos amigos. Quando saí, queria mostrar que estavam errados, foi algo que me motivou, mas não mais do que isso”, disse.

Jorge Jesus comandou o Benfica entre os anos de 2009 a 2015 e o meia surgiu no ano de 2013 e ficou no clube português até 2015, mas disputou apenas três partidas no elenco principal.

Fato que fez ser emprestado pelo Monaco, posteriormente comprado pelo time francês e acabou negociado com o Manchester City.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

LEIA MAIS:
Confira a artilharia do Brasileirão 2019 após a abertura da 20ª rodada

Gabriel elogia Arrascaeta após bela atuação diante do Cruzeiro: “Um dos poucos craques que temos no Brasil”