30 minutos, posição diferente e pedido de pênalti: atuação de Neymar é alvo de críticas em Brasil x Peru

Camisa 10 entrou no segundo tempo e viu o Brasil ser derrotado

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Kevork Djansezian/Getty Images

Neymar seguiu seu inferno astral e viu, em seu segundo jogo após o retorno ao futebol, a Seleção Brasileira sair mais uma vez de campo sem vitória – para piorar, com derrota por 1 a 0 para o Peru.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

O camisa 10 da Seleção entrou durante o segundo tempo, executou função diferente e teve apenas um lance de algum perigo enquanto esteve em campo.

Em campo aos 16
Após o início no banco de reservas, Neymar foi lançado a campo por Tite aos 16 minutos do segundo tempo e em uma posição diferente da habitual.

Longe da tão habitada ponta esquerda, o jogador orbitou pelo centro do campo e atuou quase como um “falso 9” de Tite.

A ideia inicialmente deu certo. Se a Seleção pouco criou com Firmino cravado na posição, ganhou em movimentação e em criação com Neymar, ainda mais com as entradas de Lucas Paquetá e Vinicius Junior, que deram mais ritmo a um ataque que pouco produziu até ali.

Pedido de pênalti
Em uma combinação com o estreante Vinicius Junior pelo lado esquerdo, Neymar recebeu em suas costas na entrada da área, tentou lindo drible sobre Zambrano, mas desabou na área.

O camisa 10 reclamou muito de um possível pênalti, mas o árbitro nada marcou, o que gerou reclamações do atacante.

Críticas da torcida
Para piorar tudo, o Brasil sofreu o gol da derrota no fim, quando Abram ganhou de Militão e Éderson para dar a vitória ao Peru. Com isso, Neymar foi um dos principais alvos de críticas, no estilo “ruim com ele, pior ainda com ele”.

Escalações iniciais da partida
Brasil: Éderson; Fagner, Marquinhos, Éder Militão e Alex Sandro; Casemiro, Allan e Philippe Coutinho; Richarlison, Roberto Firmino e David Neres. Técnico: Tite

Peru: Gallese; Advíncula, Zambrano, Abram e Trauco; Aquino, Tapia e Yotún; Costa, Ruidiz e Flores. Técnico: Ricardo Gareca

Brasil x Peru – Amistoso
Estádio: Los Angeles Memorial Coliseum, Estados Unidos
Horário: 00 h (de Brasília)
Transmissão: Globo e Sportv

Leia mais:
Mano Menezes valoriza atacantes do Palmeiras após brilho de Luiz Adriano: “alto nível”