Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Messi declara desejo de jogar Copa América 2020 e revela se tem planos para ser treinador no futuro

Após decepções na Champions League, Messi não esconde vontade de vencer a principal competição de clubes do mundo

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Falo sobre futebol internacional, nacional e esportes americanos, principalmente NFL e NBA. Santista e apreciador do bom futebol. Twitter: @PaulFoles

Crédito: Foto: Divulgação Twitter/Barcelona

Lionel Messi foi eleito o melhor do mundo pela sexta vez em sua carreira e coroou uma temporada fantástica no quesito individual. Agora, o camisa 10 do Barcelona já projeta outros planos para o atual ano de futebol, e o sonho da Champions League ainda é uma obsessão para ele e para o clube. Além do mais, ele comentou sobre a Copa América de 2020, que será disputada na Argentina, juntamente com a Colômbia.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

“Faz quatro anos que vencemos a Liga dos Campeões e queremos realmente vencê-la novamente. Sabemos, porém, que se não fizermos o trabalho no dia a dia não conseguiremos. E quanto à Copa América, estou realmente ansioso por ter a oportunidade de disputá-la mais uma vez. Estou muito empolgado com a Copa América”, disse Messi, em entrevista ao site da FIFA.

Lionel Scaloni assumiu o cargo de treinador da seleção argentina com a difícil missão de reerguer um plantel cheio de dúvidas e decepções nos últimos anos. Apesar de um começo ruim na Copa América de 2019 no Brasil, sua equipe conseguiu reagir e deixou uma leve boa impressão ao final da competição, ficando com o terceiro lugar. Messi saiu em defesa do técnico e elogiou seu estilo:

“Acredito que foi um acerto que ele continue e que possa dar a tranquilidade que é necessária para trabalhar na seleção. É um treinador que tem as ideias claras, que sabe ver o futebol, e sobretudo que o transmite muito bem. É fácil entendê-lo, é efetivo e controla muito bem os grupos”.

Sobre a hipótese de ser treinador no futuro, Messi revelou que nunca pensou nisso, mas que ultimamente passou a considerar de alguma forma essa possibilidade:

“Eu sempre disse que não, mas nunca se sabe. Eu olho para eles (treinadores) e começo a pensar que gostaria de trabalhar com jovens, treiná-los e comandá-los, mas agora honestamente eu não vejo isso acontecendo. Pode acontecer ao longo dos próximos anos, no entanto. Eu não sei”.

LEIA MAIS:

Messi leva pancada na coxa, preocupa e é substituído no intervalo