Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mundial de Atletismo: Brasil garante vaga para Olimpíadas de Tóquio nos 4x400m

Atleta dos EUA garantiu o topo da lista de maiores medalhistas no Mundial de Doha

Bárbara Ribeiro
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: CBAT/wcarmo14

Neste domingo (29), o Brasil confirmou sua classificação no revezamento 4x400m misto para as Olimpíadas de Tóquio 2020. Após a classificação para final do Mundial de Atletismo, em Doha, no sábado em 3m16s12, os velocistas brasileiros precisavam somente da conclusão da prova deste domingo para garantir a vaga.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!


A equipe mista do revezamento 4x400m do Brasil é composta por Lucas Carvalho, Tiffani Marinho, Geisa Coutinho e Alexander Russo. O grupo brasileiro terminou a prova com 3m16s22, na última colocação.

“Nosso rezamento vem crescendo muito. As meninas novas estão com bons resultados. Tática a gente consegue com treinamentos. O objetivo era conquistar a vaga” disse Geisa ao Globoesporte.com.

O título da modalidade no Mundial de Doha ficou com a equipe dos Estados Unidos. Eles garantiram o novo recorde mundial da prova, 3m09s34, recém-criada pela IAAF (Federação Internacional). A Jamaica conquistou a medalha de prata com 3m11s78. Bahrain fechou o pódio em 3m11s82.

A equipe dos Estados Unidos foi formada por Wilbert London, Allyson Felix, Courtney Okolo e Michael Cherry. Esta foi a 17ª medalha de Felix em uma Copa do Mundo de Atletismo, superando a marca de Usain Bolt.

Com o resultado, estão classificados para as Olimpíadas de Tóquio, Brasil, Estados Unidos, Jamaica, Bahrain, Grã-Bretanha, Polônia, Bélgica e Índia.

“Nós alcançamos o objetivo. A estratégia vai se manter. Tática certeira, com certeza vamos manter. Podemos melhorar. Na quarta, tive um espasmo muscular, achei que não fosse correr. Fui até poupado na semifinal. Temos condições de correr abaixo de 3min14s. Mas é gradativo. Estamos melhorando. A perspectiva para Tóquio, com certeza, é buscar uma medalha”, destacou Alexander.

Brasil vai para semifinal dos 200m

No domingo os brasileiros Paulo André Camilo e Aldemir Júnior competiram na eliminatória dos 200m.

Aldemir finalizou em 20s75, conquistando quarta posição. Mas se classificou para a semifinal graças à desqualificação do jamaicano Andre Ewers, que invadiu uma raia vizinha. Paulo André garantiu a quinta colocação, com o tempo de 20s75 e não avançou à semifinal.

Salto triplo

Almir Junior disputou a final do salto triplo, no Mundial. Ele terminou em 12º, com 15,01m de marca. A medalha de ouro, foi para o estadunidense Christian Taylor, com 17,92m. Completam o pódio Will Claye, também dos EUA, com 17,74m e Hugues Fabrice Zango , de Burkina Faso, com 17,66m.

Confira os melhores momentos do 3º dia de competições em Doha

Leia mais

Mundial de Atletismo: Christian Coleman, dos EUA, é o novo rei dos 100 metros