Náutico atualiza parcial de ingressos vendidos para decisão contra o Paysandu na Série C

Timbu precisa de um simples triunfo diante da sua torcida para conquistar o sonhado acesso

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Divulgação - Náutico

Como já era esperado, o torcedor do Náutico promete fazer a sua parte no duelo decisivo contra o Paysandu no próximo domingo (8), às 18h, nos Aflitos. De acordo com o time alvirrubro, até ontem (2), 8.852 ingressos já haviam sido vendidos de forma antecipada para o duelo que vale vaga na Série B de 2020.

A boa procura reforça ainda mais a expectativa do vice-presidente do Timbu, Diógenes Braga. Após o empate sem gols no Mangueirão, o dirigente destacou a importância da torcida alvirrubra, e projetou casa cheia nos Aflitos.

“(Importância) Imensurável. Você se sente forte, o elo com o torcedor é muito maior. E num momento desses faz muita diferença, principalmente ante um adversário pesado de camisa forte. O torcedor tem tudo para ser o diferencial. E os Aflitos aproxima muito o torcedor. É um elo: time, torcida, Aflitos. Então a gente fazer esse elo juntos para conseguir esse acesso”, disse. “A certeza que eu tenho é que o torcedor vai comprar todos e teremos a casa lotada”.

Clique aqui para acompanhar a transmissão ao vivo de todos os jogos da Série C do Brasileirão de graça por 1 mês.

Para a partida decisiva, foram colocados à venda 17 mil bilhetes. Destes, pouco mais de 15 mil são destinado aos torcedores do Timbu. O maior público da equipe pernambucana na atual temporada se deu na grande decisão do estadual, diante do arquirrival Sport. Naquela oportunidade, os Aflitos recebeu 14.211 torcedores. Na reta final da Série C, o torcedor tem comparecido em peso, registrando assim uma média de quase 10 mil por partida. A média de público do clube no certame é de 6.480 presentes.

Devido à importância do duelo contra o Paysandu, a diretoria do Timbu subiu o valor dos bilhetes. No início da comercialização (da última quarta até este domingo) os valores eram R$ 80 (inteira)/ R$ 40 (meia). A partir desta segunda (2), os preços aumentaram para R$ 100 (inteira)/ R$ 50 (meia). Sócios têm desconto.

LEIA MAIS: