Presidente do Cruzeiro fala sobre polêmica com conselho do clube: “Coisa de bandidos”

Não é apenas dentro dos gramados que o Cruzeiro vive uma crise

Bruno Romão
22 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Reprodução

Em pronunciamento feito pelo presidente, Wagner Pires de Sá, falou sobre a suposta compra do apoio de alguns conselheiros em relação ao vice-presidente do clube. Sendo assim, este apoio teria sido levado como algo irregular, acusação que revoltou o mandatário máximo.

Além disso, ele não teve papas na língua e chamou os conselheiros de ”bandidos”. Mediante suas atitudes, o presidente ainda afirmou que “terão de engolir” as ofensas que foram ditas.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

”Isso é denegrir o conselho do Cruzeiro. Isso vai contra nossa instituição. Isso não é coisa de homens, isso é coisa de bandidos. Tudo que vocês fizeram, vocês vão ter que engolir isso. Vai ser comprovado o que nós estamos fazendo é certo”, declarou.

Os problemas vão de encontro aos protestos que a torcida do Cruzeiro vem fazendo recentemente. Até mesmo um disque-denúncia foi criado, para ser usado como canal de informes sobre jogadores que estivessem ”nas baladas” ou ”enchendo a cara”, segundo publicação nas redes sociais.

LEIA MAIS