Presidente da CBF: “o mesmo torcedor que pede convocação de seu craque reclama”

Rogério Caboclo se manifestou em longa nota oficial adotando um discurso de aproximação da entidade aos clubes e torcedores de times brasileiros

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Reprodução/Flickr CBF

Além de adotar um discurso de aproximação aos times que disputam o Brasileirão e torcedores dos mesmos, o presidente da CBF, Rogério Caboclo, também falou sobre as convocações da seleção brasileira, seja para o time principal, como o sub-23 ou sub-17.

A manifestação ocorre dentro de um contexto em que o time pentacampeão mundial convoca 19 jogadores e desfalca 12 clubes que disputam o torneio nacional. “Assumimos na CBF dois conceitos: o primeiro é que não existem amistosos”, iniciou Caboclo, em nota oficial. O que existe são jogos preparatórios”, acrescentou o presidente da CBF.

“E segundo que as seleções brasileiras não mais abrirão mão de ter os melhores jogadores em campo”, prossegue o mandatário.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

O mesmo torcedor que pede a convocação de seu craque a cada drible ou a cada gol, reclama quando ele desfalca seu clube do coração para servir à Seleção“, observa o presidente da CBF.

“É compreensível. Não é fácil equilibrar duas paixões. Temos trabalhado para otimizar cada vez mais o calendário do futebol brasileiro”, completa Caboclo.

Veja a seguir os jogadores do Brasileirão que foram convocados e serão desfalques nas próximas rodadas:

  • Atlético-MG: Cleiton e Guga (ambos sub-23)
  • Athletico Paranaense: Santos (principal) e Bruno Guimarães (sub-23).
  • Botafogo: Marcinho (principal).
  • Corinthians: Pedrinho (sub-23).
  • Flamengo: Reinier (sub-17), Rodrigo Caio e Gabigol (ambos principal).
  • Fluminense: Caio Henrique e Allan (ambos sub-23).
  • Grêmio: Matheus Henrique e Éverton (ambos principal).
  • Internacional: Bruno Fuchs (sub-23).
  • Palmeiras: Weverton (principal).
  • Santos: Felipe Jonatan (sub-23).
  • São Paulo: Daniel Alves (principal) e Anthony (sub-23).
  • Vasco: Talles Magno (sub-17).

Leia também:

Brasileirão: CBF busca aproximação a clubes e torcedores para se desviar de rótulo de inimiga

Mauro Cezar detona convocação: “o emprego do Tite vale mais que o Campeonato Brasileiro”