Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Rogério Ceni lamenta erros cometidos pelo Cruzeiro e afirma: “Fazíamos um grande jogo até sofrer o gol”

Treinador lamenta duas oportunidades de gol perdidas pelo Cruzeiro quando o jogo estava 0 a 0 no Beira-Rio

Junior Azevedo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina, fanático por futebol e torcedor do Londrina Esporte Clube.

Crédito: Foto: Reprodução/Cruzeiro

O Cruzeiro encerrou o sonho do tricampeonato consecutivo da Copa do Brasil após ser derrotado para o Internacional, por 3 a 0, na partida de volta das semifinais. Em entrevista coletiva, o técnico Rogério Ceni lamentou os erros cometidos pela equipe e, principalmente, as oportunidades desperdiçadas de gol. Segundo o comandante da raposa, a equipe jogava melhor até sofre o primeiro gol colorado.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

“A parcela, a responsabilidade é, como um todo, nossa, do Cruzeiro. Acho que fazíamos um bom primeiro tempo, tocando bola, criando oportunidades de gol, uma chance cara a cara logo no começo do jogo, com o Pedro Rocha. Agora, erramos muitos passes, acho que isso foi o principal motivo (da derrota). Contra o Vasco já erramos muitos passes, nesse jogo mais do que o Vasco, quase 60 erros entre perda de bola e passes errados”, explicou Ceni.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

“Sem o princípio básico do jogo, você dificilmente consegue agredir o adversário. O Inter roubava, contra-ataque mais forte, um meio de campo mais forte fisicamente. Nós tentamos montar um meio de campo mais técnico para poder confrontar o Inter neste sentido, mas a técnica, em tese, você pressupõe que vai ter posse de bola, que não vai errar tantos passes. Erramos muito e pagamos com os nossos erros” , lamentou o treinador.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Por fim, o técnico Rogério Ceni elogiou o adversário, que, segundo o treinador é fatal jogando no Beira Rio. De acordo com o comandante cruzeirense, errar num jogo no qual a equipe estava em desvantagem foi uma armadilha para o Internacional sacramentar a classificação para à final da Copa do Brasil.

“Quando se erra muito grosso, muito grande, como foi hoje, aí é muito difícil você vencer o jogo. O determinante foi o que a gente jogou, muito abaixo do que a gente poderia produzir, e que o Inter foi superior a gente. Errar contra o inter no Beira Rio lotado e a equipe bem como está é fatal. Nossos erros serviram de armadilha para eles que mataram o jogo”, finalizou Rogério Ceni.

LEIA MAIS

Após eliminação do Cruzeiro, Thiago Neves critica opções de Rogério Ceni: “Foram muitas mudanças para uma decisão”

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

Ceni fala de mudanças no time em derrota para o Inter