Após perder por 3 a 1 para o Náutico no primeiro jogo da final da Série C, Brigatti deposita confiança no elenco e afirma: “não tem nada perdido”

O Sampaio Corrêa saiu atrás na disputa pelo título da Série C 2019, mas apesar disso o técnico João Brigatti depositou confiança no elenco e afirmou que não é hora de “jogar a toalha”

Mariana Prince
Jornalista formada pela PUCPR. Me acompanhe nas redes sociais @marianaprince.jor

A derrota por 3 a 1 para o Náutico no último domingo (29), obriga o Sampaio Corrêa a fazer no mínimo dois gols no próximo confronto para ter alguma chance de conquistar o título. Apesar da difícil tarefa, o comandante da Bolívia Querida afirmou que, com a ajuda da torcida, o “elenco de guerreiros” irá com tudo atrás do resultado.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!!

“O Náutico conseguiu em cima dos erros individuais da nossa equipe um placar elástico. Mas não tem nada perdido. É um elenco de guerreiros, nossa equipe se superou ao longo do campeonato e tenho certeza que com o apoio da nossa torcida temos tudo para. do primeiro ao último minuto, corrermos atrás desse placar”, analisou Brigatti.

No entanto, o técnico da equipe maranhense foi cauteloso e mostrou que o time irá entrar em campo com os pés no chão no jogo de volta. “Primeiro temos que fazer um gol para depois conseguirmos os dois. É uma equipe que se determinou ao longo do ano e não vai ser agora que a gente vai jogar a toalha”, finalizou Brigatti.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

A grande decisão acontece no próximo domingo (6), às 16h (horário de Brasília), no Castelão.

 

LEIA MAIS

Náutico x Sampaio Corrêa: assista aos melhores momentos da final da Série C

Enquete: quem será o vencedor na final da Série C? Náutico ou Sampaio Corrêa? Vote

Sampaio Corrêa: confira a trajetória do clube maranhense até a final da Série C

Náutico: reveja a trajetória do finalista da Série C 2019