Santos pode receber maior quantia de cotas de televisão desde a época de Neymar

O alvinegro pode ter número recorde de partidas transmitidas em rede aberta desde o ano em que Neymar atuava na equipe

Gabriel Maiante
Colaborador do Torcedores

Crédito: Ivan Storti/ Santos FC

A situação do Santos no Campeonato Brasileira é boa dentro de campo e isso pode trazer lucros fora dele. Segundo o presidente santista José Carlos Peres o peixe pode receber até R$ 30 milhões até novembro vindo de cotas de televisão.

Segundo Peres em entrevista ao site Gazeta Esportiva tudo isso se deve pelo número de partidas exibidas em rede aberta. Logo o Santos já teve 12 partidas em transmitidas. Foi prometido que o peixe terá entre 5 e 6 transmissões até o fim do Campeonato Brasileiro.

Primeiramente a ótima fase em campo vem ajudando. Dessa forma os valores alcançados podem chegar próximo aos R$ 30 milhões. Cada transmissão rende para o time aproximadamente R$ 1,68 milhões.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? clique aqui e se inscreva!

O Peixe também conseguiu refazer seu acordo para exibições em partidas em rede aberta e também em canais fechados. A principio o time recebia um valor inferior aos demais por ter feito um contrato com a Turner para transmissões em rede fechada de partidas do brasileirão.

Quantia importante para fechar as contas em Dezembro

Logo a quantia que o time vai receber pelas transmissões passa a ser extremamente importante para a equipe fechar o ano com pouco prejuízo. Primeiramente o Santos contava com o dinheiro vindo da venda de Neymar ao Barcelona ou Real Madrid para ajustar suas contas no fim do ano.

A princípio o time não tem salários atrasados como vem acontecendo com diversas equipes brasileiras. Segundo o mandatário Peres eram necessárias a venda de alguns atletas mas isso acabou não se concretizando.

Logo depois de um bom tempo negociando parece que o time entrará em acordo com Bryan Ruiz para uma possível rescisão amigável entre as partes. Afinal o costa-riquenho tem um alto custo para o time santista.

LEIA MAIS

Bryan Ruiz quer rescisão amigável mas somente depois do Santos cumprir com acordos financeiros