Mercado da Bola: RB Leipzig apresenta “atlético e tecnicamente qualificado” atacante da Roma

Patrik Schick, agora, joga no RB Leipzig

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores

Crédito: RB Leipzig/Reprodução

Há três anos na Bundesliga (Campeonato Alemão), uma das equipes da antiga Alemanha Oriental apresentou oficialmente um reforço de peso. Trata-se do atacante Patrik Schick, que, agora, atuará no RB Leipzig. Nascido em Praga, capital da República Tcheca, ele chega por empréstimo até o final da temporada 2019/2020.

De acordo com a imprensa local, o empréstimo teve investimento de 4 milhões de euros por parte da equipe alemã – cerca de R$ 18 milhões. Após o período, Patrick Schick pode ficar de vez no RB Leipzig. Para isso, o clube deve desembolsar 29 milhões de euros – cerca de R$ 132 milhões, afinal. O valor pode variar de acordo com a posição da equipe na tabela da Bundesliga.

“Estou muito feliz por fazer parte dessa grande e jovem equipe e estou ansioso pelo meu novo trabalho. É claro que vim aqui para ajudar a equipe e alcançar objetivos juntos. Fico feliz que tudo deu certo no final”, comentou o atacante em sua apresentação. “Após o empréstimo de Jean-Kévin Augustin, queríamos nos posicionar bem em termos de quantidade e qualidade, a fim de ter opções e oportunidades adicionais no ataque. Patrik é um jogador muito atlético e tecnicamente qualificado, que também traz experiência internacional. Ele enriquecerá nosso jogo ofensivo e nos tornará ainda mais variáveis ​​com suas habilidades”, elogiou Markus Krosche, diretor esportivo do RB Leipzig.

Sobre o novo clube de Patrik

Novo clube de Patrik Schick, no novo calendário, o RB Leipzig começou com tudo. Fez 4×0 no Union Berlin. Na temporada passada, a equipe chegou até a final da DFB-Pokal (Copa da Alemanha). Com grande partida de Kingsley Coman e Robert Lewandowski, porém, o Bayenr sagrou-se campeão.

LEIA MAIS
Após perder de 5×0, técnico alemão afirma que quer jogar: “Não me importo com quem virá ao meu lado”
Técnico da equipe de jovem promessa revelado no Vasco quer vê-lo em nova posição

Após não conseguir subir para a Bundesliga, Hamburgo acaba com uma das principais tradições esportivas do país