Street Skate: Final do Mundial será em São Paulo

Evento acontece de 18 a 22 de setembro, no Parque do Anhembi e servirá para o ranking de Tóquio 2020. Kelvin Hoelfer, brasileiro pentacampeão mundial é presença confirmada.

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

Crédito: Foto: Divulgação/Paulo Macedo

O Campeonato Mundial de Street, etapa final da Street League Skateboarding (SLS), será realizado no Parque do Anhembi, em São Paulo, de 18 a 22 de setembro. A competição é a mais importante de 2019 da modalidade que estreia nos Jogos Olímpicos em 2020.

O evento vai reunir os melhores profissionais do street skates, dentre eles, muitos brasileiros.

O campeão da etapa de São Paulo vai ter 80 mil pontos somados no ranking geral. Além de uma pontuação recorde para os que buscam uma vaga para a primeira edição da modalidade em Olimpíadas. Ainda, além dos pontos no ranking, homens e mulheres estarão em busca do título mundial do skate street. A venda de ingressos para o SLS World Championship está disponível no site: https://www.eventim.com.br.

Aproximadamente 70 atletas disputarão as provas em uma pista inédita, como é costume na SLS, e que sempre é construída especificamente para cada competição. Desta vez, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

Kelvin Hoefler, brasileiro segundo colocado no Mundial do Rio, em janeiro, é integrante da seleção brasileira rumo a Tóquio 2020. O atleta tem no currículo cinco títulos mundiais e está confirmado para a etapa paulista. Uma vitória no Super Crown 2015, antiga etapa final da SLS, e ouro no X Games de Minneapolis de 2017 e de Oslo, em 2018. Já ganhou, também, um selo do Guiness, em 2017, como o atleta com mais títulos de skate street.

“Disputei a final da SLS, no Rio, e agora teremos mais uma etapa no Brasil. Isso é muito bom para o skate nacional. Fico feliz de poder disputar competições tão importantes no meu país. Acredito que a torcida paulista e os amantes do skate do Brasil todo vão vir em peso, assim como foi em janeiro. Isso vai nos ajudar ainda mais a colocar o skate no pé. É um evento de muita importância e espero fazer o meu melhor. Treinei muito para isso”, disse Kelvin.

Quem marcou presença?

Outros nomes de peso que estarão em São Paulo são as brasileiras Pamela Rosa, Letícia Bufoni e Rayssa Leal, a estrela de apenas 11 anos. Entre as estrangeiras, marcarão presença a australiana Hayley Wilson, a japonesa Aoki Nishimura, a americana Alana Smith e a holandesa Candy Jacobs. Na lista masculina, além de Kelvin e Felipe Gustavo, estará o único português a vencer o torneio de Tampa, chegando à SLS, Gustavo Ribeiro. E, claro, o maior campeão da SLS: o americano Nyjah Huston.

O fato de ser uma pista inédita colocará os atletas em igualdade, elevando o nível da competição. A etapa de São Paulo é uma excelente oportunidade para os amantes do skateboarding, segundo Pedro Rego Monteiro, Diretor Executivo da Effect Sport, organizadora da competição.

O Pavilhão de Exposições do Anhembi tem capacidade para receber até 9 mil pessoas por dia.  Nos dias 21 e 22/09, o evento será aberto ao público a partir das 13h. Já nos dias 18, 19 e 20, será disputada a fase classificatória com portões fechados. No dia 20 a pista ficará disponível para os treinos dos atletas pré- classificados para a fase semifinal e a final.

A etapa final do Campeonato Mundial da Street League Skateboarding (SLS) é organizada pela Effect Sport e tem apoio da Prefeitura de São Paulo por meio da Secretaria Municipal de Turismo.

LEIA MAIS

APROVADA LEI QUE PERMITE ATLETAS UNIVERSITÁRIOS SEREM PAGOS

ANTONIO BROWN É ACUSADO DE ASSÉDIO SEXUAL