Sul-Americana: Atlético-MG recebe nova punição da Conmebol

Em 2019, Atlético-MG coleciona punições da Confederação Sul-Americana

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores

Crédito: Bruno Cantini

O Atlético-MG foi punido pelo Tribunal Disciplinar da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) em 40 mil dólares (R$ 166 mil na cotação atual), por conta de infrações que ocorreram na partida contra o Botafogo, dia 31/07, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. No site oficial da entidade, a pena foi formalizada na última segunda-feira.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

O Atlético precisará pagar por três quesitos: comportamento inadequado do seu torcedor (objetos que foram atirados no gramado), problemas com a estrutura do estádio e pela exposição do escudo do América. O valor será descontado do montante que o clube receberia por direitos de TV e patrocínio. A decisão, porém, cabe recurso.

Nesta temporada, já não é a primeira vez que o Atlético acaba penalizado pela Conmebol. No dia 3 de abril, contra o Zamora, a sanção ocorreu em razão do estouro de bombas no meio da torcida. Além disso, também foi punido pelo posicionamento do patch da Libertadores e pelo atraso no envio da lista de inscritos. Na ocasião, porém, ficou comprovado que o erro partiu da CBF, que arcou com os custos.

Depois de eliminar o La Equidad, da Colômbia, o Atlético agora terá pela frente o Colón, da Argentina. O primeiro confronto acontece no dia 19, na Argentina.

LEIA MAIS:

Mercado da bola: Diretor do Atlético confirma saída de jogador

Rui Costa admite chances de perder revelação para Europa

Diretor do Atlético-MG confirma reforço e abre o jogo sobre Victor