Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Teve roteiro? Relembre 5 jogos épicos que pareceram peças de teatro

No Dia Nacional do Teatro, veja uma lista de jogos que parecem ter sido seguidos por script

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Stu Forster/Getty Images

O que precisa uma boa peça de teatro para ter sucesso e se tornar inesquecível? Uma boa dose de emoção? Uma história de superação? Boas atuações? E se tudo isso for unido em uma sequência épica e inesquecível?

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

No Dia Nacional do Teatro, o Torcedores.com toma como base os grandes roteiros do futebol e lista 5 jogos que parecem ter seguido um script. Cheios de emoções, com espetáculos dos protagonistas, personagens passando por cima de dificuldades e muito mais.

Brasil 2 x 0 Alemanha
Como não abrir essa lista com o último título mundial da Seleção Brasileira? Não apenas por ter sido nossa última grande história desde então, mas também por tudo o que aquilo envolveu.

O goleiro adversário eleito o melhor jogador e herói da Copa antes da final tomando um frango no jogo decisivo, o camisa 9 e artilheiro do torneio sendo Ronaldo, jogador que para muitos não teria mais sucesso após as graves lesões no joelho, além do elenco dos sonhos para uma peça do mais alto nível. Como esquecer do trio Ronaldo, Rivaldo e Ronaldinho?

Manchester United 2 x 1 Bayern de Munique
Outro jogo que entrou para a história e está na memória de quem o acompanhou é a decisão da Liga dos Campeões 1998/1999, disputada pelos gigantes Manchester United e Bayern de Munique em Barcelona, no estádio Camp Nou.

Foi a amostra completa de como um diretor pode modificar a obra e como personagens que não tinham lá grande importância podem assumir o protagonismo. Foi o que aconteceu com o técnico Alex Ferguson ao lançar Sheringham e Solskjaer em campo quando o United perdia por 1 a 0. O primeiro deles marcou o gol do empate aos 46 do segundo tempo, enquanto o outro virou o jogo aos 48 minutos da etapa final.

Milan 3 (2) x (3) 3 Liverpool
Nada melhor que um jogo batizado historicamente como “A Batalha de Istambul” para aparecer na lista de melhores peças do futebol.

Talvez esteja aqui o maior drama e a maior história de superação da lista, dignas de roteiros teatrais cheios de reviravoltas e de viradas inesperadas.

Quando o Milan abriu 3 a 0 logo no primeiro tempo, tudo parecia monótono e já terminado, com um final esperado e sem grandes emoções. Porém, o segundo tempo – ou segundo ato, como preferir – deu outra cara ao jogo, o Liverpool empatou com três gols em poucos minutos, a partida chegou à prorrogação, pênaltis, e se transformou em um épico.

Palmeiras 3 x 4 Vasco
Para muitos é a grande virada da história do futebol mundial. A final da Mercosul de 2000 é a grande ode ao protagonista, ao ator principal de uma peça de teatro, àquele que resolve na hora necessária e que tem o grande solo em uma peça.

É claro que um coadjuvante específico teve seu próprio arco e foi fundamental, que foi Juninho Paulista, mas nada melhor que Romário para virar um 3 a 0 no primeiro tempo com três gols e uma assistência – absolutamente sem querer, é verdade.

Isso com Junior Baiano expulso quando a partida ainda marcava 3 a 2 e com o Palmeiras tendo chances de ampliar o marcador.

Barcelona 4 x 0 Santos
Saindo das peças cheias de reviravoltas, das viradas e de tons dramáticos, chegamos ao último da lista em um estilo diferente: um recital.

Poderia ser um musical de uma orquestra comandada por um maestro que viveu ali seu auge na carreira como treinador e que tinha um gênio em campo para comandar a atuação.

Para muitos o 4 a 0 do Barcelona sobre o Santos foi uma ode ao futebol bonito, vistoso, e o ápice daquele que para muitos foi o melhor time de todos os tempos. Guardiola, Messi e companhia fizeram como se não tivesse ninguém pela frente e criaram uma obra prima contra o Santos na final do Mundial de 2011.

Leia mais:
CEO do Magnus revela projeção ambiciosa do clube e cita ex-dirigente do Palmeiras para explicar desejo de chegar ao futebol

As melhores notícias de esportes, direto para você