Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Uendel vê Inter ainda “vivo” no campeonato e questiona expulsão de Guerrero: “Era normal ficar nervoso”

Polêmicas não faltaram na derrota do Inter pelo placar de 3×1 para o Flamengo, no Maracanã, pelo Brasileirão

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução

Em um jogo tenso, tumultuado e até atípico, o Inter caiu diante do Flamengo por 3×1 no Maracanã nesta quarta-feira, pelo Brasileirão. Desde o primeiro tempo, o time gaúcho teve dois homens a menos com as expulsões de Bruno e de Guerrero.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Após a partida, Uendel lamentou o resultado e viu o Inter de “mãos atadas” por conta das expulsões.

“Fica difícil qualquer análise de um jogo desses, com dois a menos. Tentamos marcar, mas não tem como, sempre sobra alguém. Conseguimos o mais difícil que era fazer o gol, mas infelizmente tomamos outro gol cedo. Seguimos vivos, na parte de cima da tabela, agora é pensar no Palmeiras”, disse.

O lateral questionou a expulsão de Guerrero, que “surtou” com o árbitro Luiz Flávio de Oliveira ao sair sangrando de uma disputa aérea com Rodrigo Caio. O centroavante saiu de campo fazendo gestos ofensivos.

“A gente reclamou do critério para a expulsão do Guerrero. Ele poderia ter advertido de outra forma, conversado, talvez um amarelo. Sangrando daquela forma era normal ficar nervoso”, concluiu o camisa 6.

O Inter segue em 4° com 36 pontos e recebe o Palmeiras no próximo domingo.

LEIA MAIS:

Renato relembra provocação do Santos no 1° turno e devolve: “O nó tático foi aqui hoje”

Renato diz que Flamengo tem obrigação de vencer o Grêmio e avalia Jesus: “Nunca ganhou nada”

Ex-Grêmio, Thonny Anderson “resgata” 1 min de silêncio e brinca: “Inter está morto”

André tira onda com o Inter após derrota colorada na final da Copa do Brasil: “Vizinha, chora não”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram