Fora do UFC SP, Rogério Minotouro deverá se aposentar em 2020, revela irmão Rodrigo Minotauro

Lesionado e fora do UFC em São Paulo, em novembro, Rogério Minotouro deve deixar o MMA depois de evento no Brasil no próximo ano

Márcio Donizete
Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade de TV. Foi repórter colaborador, líder de colaboradores e editor no Torcedores.com. Apresenta o Lente Esportiva ABC em lives no Facebook e Youtube.

Crédito: Márcio Donizete/Torcedores.com

A lesão nas costas nesta semana fez com que o experiente Rogério Minotouro, 43 anos, fosse cortado do UFC São Paulo, que acontece em 16 de novembro, no Ginásio do Ibirapuera. Dessa forma, a aposentadoria dele está cada vez mais próxima. Travor Smith, que o enfrentaria, foi escalado para o UFC Washington e encara Alonzo Menifield, em 7 de dezembro.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Segundo o irmão e embaixador do Ultimate no Brasil, Rodrigo Minotauro, o lutador dos meio-pesados fará somente mais uma luta na carreira e deverá pendurar as luvas. “O Rogério deve estar anunciando que deve ser a última luta do contrato, e da carreira. Fomos um um seminário na China e ele já estava sentindo a lesão, não estava conseguindo treinar bem e anunciou sua retirada do card”, disse.

Ainda de acordo com Minotauro, a despedida de Minotouro deve acontecer em fevereiro, em um card no Brasil.  “A ideia é lutar no primeiro card no Brasil, entre fevereiro e março, focar e terminar a carreira com vitória”, declarou o ex-atleta, que hoje trabalha na organização como embaixador e na relação com os atuais lutadores contratados pelo UFC.

“A gente fica muito triste, porque o card de São Paulo é o mais importante pois fecha a temporada no Brasil. Temos evento todo ano aqui em São Paulo, enquanto no Rio, mesmo com card grande e numerado, tem vezes que pulamos ano lá. A torcida de São Paulo é grande pelo Rogério, e ele é um nome importante. Esperamos que no ano que vem ele esteja bem para fechar a carreira dele da melhor forma”, complementou.

A luta substituta será entre o brasileiro Maurício Shogun e o estadunidense Sam Alvey, pelos meio-pesados. O duelo principal do UFC São Paulo é entre o brasileiro Ronaldo Jacaré e o polonês Jan Blachowicz, pelos meio-pesados.

VEJA MAIS
Como lutador brasileiro vem batalhando para superar Burn Out antes do UFC São Paulo

* Direto de São Paulo-SP