Venda do Fox Sports pode ser adiada pelo Cade, diz site

Entidade está sem quórum para realizar os julgamentos e aprovar ou vetar as negociações

Matheus Leal
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/FOX Sports

A venda do Fox Sports, determinada pelo Cade, Conselho de Administração de Defesa Econômica, pode ser adiada para 2020. O órgão fixou o dia 20 de setembro como prazo final da a Disney vender os canais Fox Sports, no entanto a tendência é que isso não aconteça. A informação é do jornalista Eduardo Ohata, do Yahoo.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Atualmente, quatro cadeiras de conselheiros estão vagas e, por isso, o Cade não tem quórum para realizar julgamentos e aprovar/vetar as negociações. De acordo com a publicação, o presidente Jair Bolsonaro indicou três nomes para o órgão, porém eles ainda devem passar por uma sabatina no Senado. Só após esse processo é que poderiam ficar a par das negociações entre Fox Sports, ESPN Brasil e Disney.

A indefinição faz crescer ainda mais as especulações. Desde quando o Cade definiu que os canais Fox Sports teriam que ser vendidos, alguns pretendentes entraram na disputa. Seja para comprar os canais ou até mesmo para negociar direitos de transmissão.

Entenda o motivo da venda

A venda da Fox Sports foi uma exigência do Cade, Conselho Administrativo de Defesa Econômica. Isso porque o mesmo órgão aprovou a fusão dos grupos Disney e Fox. Como a Disney já é dona da ESPN Brasil, a venda do canal esportivo Fox é necessária para evitar o monopólio.

Uma das exigências feitas pelo Cade é que a o Grupo Disney não poderá fazer um lance para tentar comprar os direitos de transmissão de alguma das ligas do Fox Sports na próxima negociação. Por exemplo, a Fox é dona dos direitos de transmissão da Copa Libertadores. Quando o contrato acabar e houver uma novas negociações, a Disney não poderá fazer uma proposta para que a ESPN compre os direitos.

LEIA MAIS

Willian, Jemerson, Thiago Silva… veja 15 brasileiros no último ano de contrato

Por que o Brasil é mandante e vai jogar os amistosos nos Estados Unidos

Brasileirão: veja os jogadores com mais participações em gols após a 17ª rodada