Maverick Viñales supera Pol Espargaró e fatura a pole da MotoGP em Misano

Com o cronômetro zerado, Viñales, piloto da Yamaha, derrotou o representante da KTM para garantir a posição de honra

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: MotoGP

Maverick Viñales conquistou na manhã deste sábado (14) a pole position para o Grande Prêmio de San Marino e da Riviera de Rimini, 13ª etapa da temporada 2019 da MotoGP. Em uma classificação das mais emocionantes no Misano World Circuit Marco Simoncelli, o piloto da Yamaha garantiu a posição de honra apenas na última volta rápida, marcando 1min32s265.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A segunda posição ficou com Pol Espargaró, grande surpresa da classificação com a KTM, que ficou 0s295 atrás de Viñales, depois de se colocar na pole position provisória. A primeira fila em Misano ainda contará com Fabio Quartararo, piloto da SIC Yamaha que liderou o primeiro treino livre da sexta-feira, e esteve na maior parte do tempo com a pole position.

Franco Morbidelli, com outra Yamaha da SIC, largará da quarta posição em Misano, enquanto Marc Márquez partirá apenas em quinto com a Honda, depois de se enroscar com Valentino Rossi nos instantes finais, quando buscava a pole position. Andrea Dovizioso, com a Ducati, evoluiu nos momentos derradeiros da classificação para garantir o sexto posto.

Rossi, que esteve entre os seis primeiros na maior parte do tempo, partirá em sétimo com a Yamaha, sendo seguido por Johann Zarco, piloto da KTM que foi o mais rápido do Q1, e Alex Rins, da Suzuki. O grupo dos 12 melhores no grid em Misano será completado por Joan Mir, companheiro de equipe de Rins, Takaaki Nakagami, da LCR Honda, e Emanuele Pirro, que corre como wildcard pela Ducati.

A classificação contou ainda com algumas decepções. Francesco Bagnaia caiu ainda no Q1, ficando 0s003 atrás do classificado Mir, e largará em 13° com a Ducati da Pramac, dividindo a quinta fila com Cal Crutchlow, com uma Honda da LCR, e Aleix Espargaró, da Aprilia. Danilo Petrucci, com uma Ducati, partirá somente do 17º lugar, um posto à frente de Jorge Lorenzo, da Honda.

O Grande Prêmio de San Marino e da Riviera de Rimini será disputado neste domingo (15), a partir das 9h, com transmissão ao vivo dos canais Sportv.

Confira como foi a classificação

Q1
A sessão classificatória começou pontualmente às 9h10 com os pilotos partindo à pista imediatamente. O primeiro a registrar volta foi Aleix Espargaró, da Aprilia, logo sendo supeerado por Jack Miller, da Pramac Ducati. Johann Zarco, com a KTM, anotou 1min33s637, mas logo foi batido por Joan Mir, que colocou a Suzuki na frente com 1min33s485. Quem avançou para o segundo lugar pouco depois foi Miller.

Restando sete minutos para o encerramento da atividade, a decepção era Danilo Petrucci, que aparecia na quinta posição com a Ducati. Outros dois pilotos que vinham mal eram Cal Crutchlow, sexto com a Honda da LCR, e Jorge Lorenzo, apenas o nono com a Honda oficial. Os pilotos passaram algum tempo nos boxes, e retornaram à pista restando pouco mais de quatro minutos para o final da sessão.

Petrucci avançou para a terceira posição, ainda fora da zona de classificação, mas logo foi superado por outro pilotos. Zarco tomou a ponta da folha de tempos ao marcar 1min33s147, enquanto Mir, que melhorou seu tempo, aparecia em segundo, três décimos atrás do francês. Bagnaia avançou para o terceiro lugar, 0s003 atrás do piloto da Suzuki. A sessão terminou com Zarco e Mir classificados.

Q2
A fase decisiva da classificação começou com Pol Espargaró deixando a moto morrer no momento em que saía para a pista. A KTM logo foi religada e o espanhol seguiu para a sua primeira volta. Franco Morbidelli se colocou na primeira posição, sendo superado rapidamente por Fabio Quartararo, seu companheiro de equipe na SIC, time satélite da Yamaha.

Marc Márquez avançou para a terceira posição com a Honda, se colocando à frente de Maverick Viñales e Valentino Rossi, ambos da Yamaha. Quartararo melhorou seu tempo, alcançando 1min32s571. Quem decepcionava era Andrea Dovizioso, que apareceu apenas em décimo restando oito minutos para o encerramento da classificação em Misano.

Após um período nos boxes, Viñales avançou para a terceira colocação, enquanto Márquez e Rossi não conseguiram melhorar na penúltima tentativa de volta rápida. Pol Espargaró avançou para a pole position com 1min32s560, marca que foi superada por Viñales, que anotou 1min32s265. Márquez e Rossi se atrapalharam e não melhoraram seus tempos.

Confira como ficou o grid de largada:

1º – Maverick Viñales (ESP/Yamaha) – 1min32s265
2º – Pol Espargaró (ESP/KTM) – 1min32s560
3º – Fabio Quartararo (FRA/SIC-Yamaha) – 1min32s571
4º – Franco Morbidelli (ITA/SIC-Yamaha) – 1min32s710
5º – Marc Márquez (ESP/Honda) – 1min32s742
6º – Andrea Dovizioso (ITA/Ducati) – 1min33s038
7º – Valentino Rossi (ITA/Yamaha) – 1min33s079
8º – Johann Zarco (FRA/KTM) – 1min33s123
9º – Alex Rins (ESP/Suzuki) – 1min33s265
10º – Joan Mir (ESP/Suzuki) – 1min33s431
11º – Takaaki Nakagami (JAP/LCR-Honda) – 1min33s449
12º – Emanuele Pirro (ITA/Ducati) – 1min33s461

13º – Francesco Bagnaia (ITA/Pramac-Ducati) -1min33s488
14º – Cal Crutchlow (ING/LCR-Honda) – 1min33s516
15º – Aleix Espargaró (ITA/Aprilia) – 1min33s522
16º – Jack Miller (AUS/Pramac-Ducati) – 1min33s571
17º – Danilo Petrucci (ITA/Ducati) – 1min33s630
18º – Jorge Lorenzo (ESP/Honda) – 1min33s777
19º – Miguel Oliveira (POR/Tech3-KTM) – 1min34s162
20º – Hafizh Syahrin (MAL/Tech3-KTM) – 1min34s322
21º – Karel Abraham (TCH/Avintia-Ducati) – 1min34s401
22º – Tito Rabat (ESP/Avintia-Ducati) – 1min34s904
23º – Andrea Iannone (ITA/Aprilia) – sem tempo

Foto: MotoGP

LEIA MAIS:
Maverick Viñales coloca Yamaha na frente no TL2 da MotoGP em Misano
Quartararo bate Márquez e lidera primeiro treino da MotoGP em Misano
Veja a programação do GP de San Marino de Motovelocidade