Vôlei Masculino: Brasil bate o Chile na semi e vai à final no Sul-Americano

Seleção Brasileira masculina de vôlei dominou o Chile e garantiu a vaga na decisão do Sul-Americano

Bárbara Ribeiro
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Gogo Oyanguren

O Brasil confirmou o favoritismo e está a uma vitória do 32º título no Campeonato Sul-Americano de vôlei masculino. O time verde e amarelo se impôs em quadra e venceu os Chilenos por 3 sets a 0, parciais de 25/16, 25/17 e 25/21.

Com o resultado, os Brasileiros voltam a enfrentar na decisão o seu maior rival a Argentina que busca uma revanche da fase de grupos. Para chegar à final, os argentinos passaram pela Venezuela, também nesta sexta-feira e também por 3 sets a 0. O clássico sul-americano acontece neste sábado, às 18h30.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

No final da partida, o capitão da seleção brasileira no Campeonato Sul-Americano, o ponteiro Douglas falou sobre o quanto é significativo estar mais uma vez na decisão. “Sabemos da importância de estar em mais uma final. O Brasil sempre entra nos campeonatos para estar no pódio, para disputar título, então é uma sensação inicial de dever cumprido e vamos com tudo para essa partida da final”, destacou.

Além disso, Douglas também comentou sobre a partida contra o Chile. “Respeitamos muito o time deles porque sabíamos que esse jogo poderia se tornar difícil para o nosso time, então estudamos muito bem, entramos focados e não vamos fazer diferente amanhã”, revelou.

Em conclusão, o capitão da Seleção Masculina no torneio também elogiou o adversário da final. “Sabemos que a Argentina tem um time muito forte, jogamos muitas vezes contra eles e precisamos entrar com concentração para levar esse título amanhã. Acredito que eles entrem com um saque bem forte porque sabem do nosso poder de ataque e que precisam quebrar nosso passe”, comentou.

Essa é a 32ª final consecutiva em que a seleção brasileira está presente no campeonato Sul-Americano. No entanto, não conquistou o título de 1964 porque não participou.

No torneio os comandados do técnico Renan Dal Zotto mantém 100% de aproveitamento. Participam do Sul-Americano os levantadores Fernando Cachopa e Carísio; os opostos Alan e Felipe Roque; os centrais Flávio, Isac, Matheus e Cledenilson; os ponteiros Leal, Douglas, Hugo e Victor Cardoso, e os líberos Thales e Maique.

 

Os jogos da Seleção serão transmitidos pelo Portal VoleySur e  Ufromedios .

Próximo desafio do Brasil no Vôlei Masculino

Após o Sul-Americano, a seleção segue para o Japão para Copa do Mundo. No dia 1 de outubro faz a primeira partida contra o Canadá. Depois disso, os comandados de Renan Dal Zotto enfrentam a Austrália e no dia 4 o Egito. Em seguida, nos dias 5 e 6 os brasileiros jogam com Rússia e Irã.

Leia mais:

Seleção masculina de vôlei chega ao Chile para Sul-Americano

Brasil se prepara para Mundial de Vôlei Feminino