A bruxa está solta: 20 jogadores que vivem uma péssima fase na temporada

Quando a fase não é boa, é porque a bruxa está solta… e alguns jogadores têm aterrorizado seus próprios torcedores todas as vezes que entram em campo

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Montagem

A bruxa está solta para alguns craques do futebol brasileiro em 2019, não apenas por lesões, mas também pela má fase que os acompanham nesta temporada. E no Dia das Bruxas, também conhecido com Halloween, listamos alguns jogadores que tem aterrorizado seus torcedores toda vez que entram em campo.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

No vice-líder do Brasileirão, por exemplo, o meia Lucas Lima, que não conseguiu se firmar entre os titulares nesta temporada, ainda não balançou as redes – assim como Valdivia, no Vasco, e Cueva, no Santos.

Outros nomes ainda não engrenaram, como Alexandre Pato e Hernanes, ambos do São Paulo, que retornaram ao Brasil nesta temporada mas estão sofrendo devido as seguidas lesões. Quem também tem tido sérios problemas é o Luan, do Grêmio.

Enquanto isso, na luta contra o rebaixamento, Thiago Neves e Sassá, do Cruzeiro, além de Ganso e Nenê, ambos do Fluminense, estão tirando o sono de seus torcedores.

A lista poderia ser bem maior, mas aí, provavelmente, passaríamos horas e horas por aqui – por isso, listamos os 20 nomes com a péssima fase em maior evidência; confira!

Lucas Lima (Palmeiras) – 35 jogos e nenhum gol
Carlos Eduardo (Palmeiras) – 18 jogos e um gols
Jadson (Corinthians) – 36 jogos e um gol
Boselli (Corinthians) – 38 jogos e sete gols
Alexandre Pato (São Paulo) – 21 jogos e cinco gols
Hernanes (São Paulo) – 34 jogos e quatro gols
Cueva (Santos) – 16 jogos e nenhum gol
Ganso (Fluminense) – 42 jogos e cinco gols
Nenê (Fluminense) – 35 jogos e três gols
Ricardo Oliveira (Atlético-MG) – 45 jogos e 14 gols
Cazares (Atlético-MG) – 44 jogos e nove gols
Sassá (Cruzeiro) – 30 jogos e cinco gols
Thiago Neves (Cruzeiro) – 35 jogos e nove gols
Luan (Grêmio) – 36 jogos e nove gols
André (Grêmio) – 44 jogos e sete gols
Diego Tardelli (Grêmio) – 40 jogos e seis gols
Nico López (Internacional) – 45 jogos e oito gols
William Pottker (Internacional) – 17 jogos e três gols
Valdivia (Vasco) – 11 jogos e nenhum gol
Diego Souza (Botafogo) – 42 jogos e oito gols

LEIA MAIS:
Bale, Joel Santana e Vinicius Jr… 7 boleiros que precisam de um tradutor
Dia do Turismo: 10 brasileiros que fizeram “bate e volta” no futebol europeu