Ábila, ex-Cruzeiro e atual jogador do Boca Juniors, é ameaçado de morte na Argentina

Família de Ábila está sob custódia da polícia, que investiga o caso; Boca e o próprio jogador ainda não se pronunciaram oficialmente

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Twitter: @PaulFoles

Crédito: Foto: Divulgação

Ex-Cruzeiro e atualmente atacante do Boca Juniors, Ramon Ábila foi ameaçado de morte na Argentina, nesta terça-feira (8). A família do jogador está sob proteção da polícia, que investiga o caso.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em seu celular, o atacante de 29 anos recebeu mensagens e ligações dizendo que sua família seria sequestrada. Nas ameaças, estava escrito que se a recompensa não fosse paga, as consequências seriam graves.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Ábila denunciou formalmente sobre o lamentável episódio. Com isso, a diretoria do Boca solicitou proteção policial na residência da família do atacante, que é localizada em Córdoba.

As informações são da “Télam”, agência de notícias local. O clube e o jogador ainda não se pronunciaram de forma oficial sobre a situação.


Boca Juniors x River Plate 

Dentro do campo, a situação também não é das melhores para Ábila. Por conta de uma lesão muscular, ele é dúvida para o jogo de volta da semifinal da Copa Libertadores da América, contra o rival River Plate, que será realizado no dia 22 de outubro, no La Bombonera. A ida foi 2 a 0 para o atual campeão da competição e a situação ficou complicada para o clube seis vezes campeão da Libertadores.

LEIA MAIS:

Ex-Cruzeiro, atacante do Boca Juniors dispara contra arbitragem brasileira após derrota para o River Plate na Libertadores