Afastado do Figueirense, Claudio Honigman é denunciado pelo STJD

Ex-dirigente do Figueirense é acusado de violar artigo da entidade que se refere a “comunicação falsa”

Tabatha Selestino Maia Simões
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Figueirense

Nesta última terça-feira, 08, o empresário Claudio Honigman, que atualmente está afastado do comando do Figueirense, foi denunciado pela Procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Claudio está sendo acusado de violar o artigo 234 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que se trata de “produzir comunicação falsa”. Tudo teria começado após ele comunicar ao STJD e à CBF que o Figueirense desistiria de disputar o Campeonato Brasileiro da Série B.

Claudio enviou o comunicado da desistência na condição de gestor da Elephant SA, empresa que assumiu o comando no ano de 2017. Porém, o clube conseguiu uma liminar na justiça comum que rompe o contrato entre eles, dessa forma, a procuradoria do STJD entendeu que Claudio não podia falar pelo clube.

O comunicado da desistência ocorreu no mês passado e caso fosse formalizado, o que não aconteceu, a saída forçaria a suspensão do clube pelo período de dois anos. Vale pontuar que o Figueirense acumula um total R$ 120 milhões, em dívidas, de acordo com o último balanço.

Caso seja condenado, Honigman pode pegar de 180 a 720 dias de suspensão, além de uma multa no valor de R$ 100 a R$ 100 mil. Ainda não há data para o julgamento.

O empresário foi procurado pelo portal do Globo Esporte, mas ainda não se pronunciou sobre o ocorrido. Durante uma entrevista, que ocorreu no mês passado, ele chegou a afirmar que a desistência seria a única solução do clube.

“… A única solução […] perante o complô que foi criado contra a minha empresa na gestão do clube. […] Não me restou nenhuma outra alternativa a não ser tentar encerrar o campeonato. E volto a falar: não foi uma decisão só minha, mas de toda uma equipe jurídica analisando toda uma situação”, declarou ele.

+ Vasco confirma pedido de impugnação da partida contra o Grêmio no STJD

Perda de pontos do Figueirense e multa

Toda essa briga interna causou reação até dos jogadores, já que no mês de agosto eles optaram por não entrar em campo contra o Cuiabá, e além de perder os três pontos do jogo, também foi multado no valor de R$ 3 mil.

LEIA MAIS