Amanda Nunes coloca ponto final em polêmica com Jéssica Andrade: “Questão de conversa”

Brasileira Amanda Nunes é campeã em duas categorias diferentes do UFC

Dario Ferrari Rocha Teixeira
Escrevo sobre lutas em geral no Torcedores.com. São Paulino, fã do New England Patriots, Los Angeles Lakers e Los Angeles Dodgers. Noivo da Thays Gomes Lima.

Crédito: Reprodução | Instagram: Amanda Nunes.

Na tarde desta quarta-feira (09), a brasileira campeã peso-galo e peso-pena feminino do UFC, Amanda Nunes, esteve presente no Centro Olímpico de São Paulo, na capital paulista.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Em conversa com os jornalistas presentes (incluindo o TORCEDORES), Amanda Nunes comentou sobre um cado do ano de 2018, quando a também brasileira ex-campeã peso-palha, Jessica Andrade enfrentou a norte americana Tecia Torres.

Na ocasião, Amanda Nunes ficou durante os 15 minutos do duelo gritando e passando informações e instruções para Tecia Torres, o que deixou Jessica Andrade inconformada com a situação e no encontro desta tarde, a ‘Leoa’ fez questão de colocar um ponto final na história.

“A Jéssica ficou meio triste, mas entendo ela também. Mas é uma questão de uma conversa. Não nos encontramos depois daquilo tudo, mas acho que quando conversarmos isso vai passar. Já passou, na verdade. A gente vai trocar uma ideia. “Conheço a Tecia faz anos, ela é minha amiga. Quando lutou com a Jéssica… A Tecia é minha amiga. Não ia torcer contra ela. A Jéssica não me entendeu muito bem. A gente tinha relação muito boa, mas não tinha amizade. A gente tinha respeito, nos encontramos várias vezes nos bastidores… Mas com a Tecia o contato é todo dia”, disse.

Amanda Nunes irá defender o cinturão da categoria peso-galo feminino em uma revanche com a holandesa ex-campeã peso-pena Germaine De Randamie em duelo que está marcado para acontecer no card do UFC 245, que será realizado no dia 14 de dezembro, na T-Mobile Arena em Las Vegas, Nevada, nos Estados Unidos.

Leia também no TORCEDORES.COM:

Anthony Johnson deixa aposentadoria e mira luta com N’Gannou no peso pesado pelo UFC