Anthony Johnson deixa aposentadoria e mira luta com N’Gannou no peso pesado pelo UFC

Norte americano Anthony Johnson havia deixado o UFC em abril de 2017 para mexer com negócios ligados a produção de maconha nos Estados Unidos

Dario Ferrari Rocha Teixeira
Escrevo sobre lutas em geral no Torcedores.com. São Paulino, fã do New England Patriots, Los Angeles Lakers e Los Angeles Dodgers. Noivo da Thays Gomes Lima.

Crédito: Reprodução | Instagram: Anthony Johnson.

Parece que o gigante norte americano ex-desafiante ao cinturão dos meio-pesados Anthony Johnson irá retornar ao MMA, e claro, também ao UFC.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Aposentado desde abril de 2017, Anthony Johnson participou de uma entrevista coletiva realizada pela ‘Dominance MMA Media Day’ na última terça-feira (08) e revelou que poderá sim retornar ao Ultimate, mirando um duelo com o também gigante Francis N’Gannou.

“Eu acho que o cara mais assustador da divisão é Francis (Ngannou). O mais assustador, não o melhor, mas o mais assustador. (…) Essa é uma luta muito empolgante e grande para não ser pelo título, se um de nós estiver com o cinturão. (…) Se eu lutar contra Francis, quero que seja por algo sério. Não é apenas uma luta ou uma luta principal de um evento. Vamos lutar pelo título, da maneira que realmente importa. Estou de volta porque quero. Algumas pessoas querem dizer que (essa volta) é por dinheiro. Elas podem dizer o que quiserem. Honestamente, estou de volta porque quero voltar e DC (Daniel Cormier) e Stipe (Miocic) realmente me motivaram a isso”, revelou.

Em sua última apresentação no octógono mais famoso do planeta, Anthony Rumble Johnson acabou sendo superado pelo norte americano até então campeão dos meio-pesados, Daniel Cormier, em duelo que aconteceu no card do UFC 210, realizado em abril de 2017.

Leia também no TORCEDORES.COM:

Thiago Marreta comenta recuperação e projeta retorno total aos treinos para março de 2020