Bandeirada antes da hora faz acidentado Pérez pontuar no Japão

Mexicano bateu na última volta da corrida, mas acionamento da bandeira quadriculada na penúltima volta fez com que o piloto da Racing Point pontuasse

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Racing Point

Um fato inusitado mudou o resultado do Grande Prêmio do Japão, 17ª etapa da temporada 2019 da Fórmula 1. A bandeira quadriculada no circuito de Suzuka foi acionada nos painéis eletrônicos ao redor da pista uma volta antes do previsto para a corrida, obrigando a direção de prova a considerar o resultado ao final da 52ª das 53 voltas previstas para a prova disputada na madrugada deste domingo (13).

href=”https://www.youtube.com/channel/UC9VPQfwARGDgEApqiCJ-Gsg”>Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O regulamento da Fórmula 1 prevê que, caso acionada antes do fechamento do número original de voltas de um GP, a corrida é encerrada. A direção de prova só identificou o problema após o fechamento da 53ª volta, número inicialmente programado para o Grande Prêmio do Japão, sendo obrigada a considerar o giro anterior da corrida em Suzuka.

“Se por qualquer motivo, o sinal de fim de corrida for dado antes do carro líder completar o número de voltas programadas ou o tempo limite seja concluído, a corrida será considerada encerrada quando o carro líder cruzar a linha de chegada pela última vez antes do sinal ser dado”, diz o artigo 43.2 do regulamento esportivo da principal categoria do automobilismo mundial.

Não houve mudanças nas primeiras posições, com Valtteri Bottas vencendo a corrida, mas no final da zona de pontuação, Sergio Pérez acabou beneficiado. O piloto da Racing Point bateu na 53ª volta, após um toque com Pierre Gasly, piloto da Toro Rosso, em disputa valendo a nona posição. Desta forma, o mexicano recuperou a nona posição, e tirou Lance Stroll, seu companheiro de equipe, da zona de pontos.

O Mundial de Fórmula 1 terá sequência daqui duas semanas com a realização do Grande Prêmio do México, prova marcada para o Autódromo Hermanos Rodríguez, na Cidade do México.

Foto: Racing Point

LEIA MAIS:
Bottas supera Leclerc e Vettel na largada e vence o GP do Japão de F1