Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Bernardo Silva é acusado de racismo contra Mendy por Federação Inglesa de Futebol

Sterling e Guardiola defenderam o português das acusações; Bernardo Silva pediu desculpas pelo caso

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Falo sobre futebol internacional, nacional e esportes americanos, principalmente NFL e NBA. Santista e apreciador do bom futebol. Twitter: @PaulFoles

Bernardo Silva foi acusado formalmente de racismo contra Mendy, companheiro de Manchester City, pela Federação Inglesa de Futebol. O jogador português tem até o dia 9 de outubro para apresentar sua defesa no caso e se justificar das acusações de conduta imprópria e ofensiva nas redes sociais.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Segunda a entidade, o camisa 20 do City viola a lei E3(2) da Federação, que condena a “referência, expressa ou implícita, à raça, cor e/ou origem étnica”. Se o atleta tivesse cometido esse delito dentro das quatro linhas, ele poderia ser suspenso por até seis jogos.

O CASO

Bernardo Silva usou seu Twitter para fazer uma postagem brincando com Mendy, seu companheiro de clube. O jogador de Portugal usou uma foto da marca de doce “Conguitos” ao lado de uma foto do lateral-esquerdo francês quando era criança, e escreveu: “Adivinhem quem é?”.

Conhecido por seu humor e jeito brincalhão, Mendy logo respondeu a postagem de um jeito descontraído:  “1 a 0 para você”. No entanto, o português logo foi acusado de racismo e apagou o post, se justificando logo em seguida:

“Não se pode mais brincar com um amigo nos dias de hoje. Vocês…”

Amigos desde os tempos de Mônaco, quando fizeram parte de um time que encantou a Europa ao derrubar o PSG no Campeonato Francês e chegar até a semifinal da Champions League, Bernardo Silva pediu desculpas dias depois da publicação:

“Foi apenas uma piada. Benjamin é como um irmão de Bernardo. E o mesmo da outra maneira. É o que vejo todos os dias em treinamento.”

GUARDIOLA DEFENDE BERNARDO SILVA

“As pessoas que julgam Bernardo não o conhecem. Ele é uma pessoa excepcional. Concentrem-se em outros assuntos, não em Bernardo. Era só uma piada. O mesmo aconteceu mil vezes com pessoas brancas. Foi um desenho animado. Se alguém se ofender, eu posso entender. Bernardo talvez faça uma lição e isso não acontecerá novamente”.

STERLING TAMBÉM SE PRONUNCIA 

“Não acho que exista racismo. É uma situação entre dois amigos, Bernardo e Mendy, como todos sabem. Eu posso ver exatamente o ponto em que algumas pessoas podem ficar comovidas com isso, mas eu sinto que nessa situação Bernardo fez uma piada para o amigo”.

“Eu sinto que é realmente triste ver alguém como Bernardo, a semana inteira, ficar meio deprimido com isso, porque ele não é assim. Eu continuo falando sobre isso, eles são realmente bons amigos, é realmente triste ver isso. Ele não está errado para mim, mas ao mesmo tempo posso ver onde as pessoas pensam que está errado e só precisamos ser mais inteligentes nas mídias sociais”.

“Não há um momento em que ele use um termo negativo para falar sobre a cor da pele, então isso é a coisa mais importante. Ele tentou fazer uma piada e essa piada não era a melhor, mas precisamos seguir em frente e entender que era não intencional”.

LEIA MAIS:

Bernardo Silva é acusado e denunciado de racismo por brincadeira com Mendy, companheiro de Manchester City