Confira as últimas informações sobre o caso do cosplayer supostamente agredido na BGS

As atualizações sobre o caso do cosplayer supostamente agredido na BGS seguiram nesta quinta-feira (17), com uma nota oficial da empresa; o fato está sendo investigado

Gisele Henriques
MBA em Administração e Marketing, Pós Graduada em Jornalismo Esportivo, graduada em Licenciatura em Artes Visuais, Tecnologia em Marketing e Bacharelado em Administração, é graduanda de Direito e de Jornalismo.

Crédito: Imagem: Divulgação

Foi publicada nesta quinta-feira (17) uma nota oficial no site da Brasil Game Show (BGS) sobre o caso do cosplayer Michael Giordano, que afirma ter sido espancado por seguranças durante o domingo (13), último dia do evento. Leia abaixo:

“A BGS lamenta profundamente que, após mais uma edição de sucesso, em que cerca de 300 mil visitantes se divertiram ao lado de seus amigos e familiares, o evento seja envolvido em uma denúncia de agressão e violência contra um cosplayer. Desde segunda-feira, quando a BGS foi procurada pela advogada Daniela Conti, representando o senhor Michael Giordano Martins Pereira, estamos debruçados sobre o caso para, com a devida cautela, apurar e colaborar com os órgãos competentes para a elucidação dos fatos, sem julgamentos precipitados que possam comprometer os envolvidos, sejam o denunciante, os denunciados e a Brasil Game Show”.

A nota também afirma que a empresa terceirizada que realiza a segurança do evento teve seu contrato suspenso, e que estão em contato com a representante legal de Michael Giordano para ajudá-lo no que for necessário. Leia mais sobre o caso neste texto do Torcedores.com. 

O QUE SE SABE ATÉ O MOMENTO:

O cosplayer Michael Giordano publicou através de seu perfil no Instagram uma foto de uma tomografia do tórax, realizada por um hospital público; o documento afirma que ele teria fraturado uma costela, entre outras lesões, sem precisar possíveis formas como ocorreram os ferimentos.

Em um depoimento ao site R7, ele relata que as agressões iniciaram ao tentar entrar de volta ao evento pelo Portão C, no que teria sido arrastado por seguranças para um vestiário, onde diz ter acontecido a violência. O R7 também afirma que foi feito um boletim de ocorrência, na última quarta-feira (16), no 74° DP (Parada de Taipas); até o momento, não foram divulgadas imagens da suposta abordagem ao cosplayer no portão C, assim como também não há relatos de testemunhas que teriam presenciado o acontecido.

A Brasil Game Show é realizada no Expo Center Norte em São Paulo (SP), no que, para obter acesso ao evento, é necessário passar pela entrada principal, posteriormente por um caminho até as catracas que ficam no interior do evento para então encontrar funcionários com leitores de QR Code. O evento deste ano teve uma área exclusiva para cosplayers, com a participação de mais de 1.800 pessoas caracterizadas, e concursos diários com presença de celebridades e da imprensa.

Abaixo, veja em um vídeo divulgado pela BGS imagens da entrada do Expo Center Norte:

Michael Giordano publicou nos stories de seu Instagram diversos vídeos sequenciais, relatando o ocorrido, em um trajeto para a delegacia e também agradecendo ao apoio de seu público nos comentários; além disso, postou alguns memes sobre o fato; ele também anunciou na rede social que estará presente em uma entrevista a um canal de TV nesta sexta-feira (18), mesmo estando em processo de recuperação das fraturas.

Abaixo, uma foto do cosplayer, postada no Instagram, anteriormente ao evento:

LEIA MAIS:

POKÉMON GO: SAIBA AS NOVIDADES PARA O HALLOWEEN 2019

JOHN WICK HEX, GAME INSPIRADO EM FILME DE KEANU REEVES, É LANÇADO