Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Caio Ibelli é ameaçado por fãs de Medina devido à polêmica em Portugal

Ibelli vem sendo considerado como culpado pela eliminação do compatriota Medina

Aline Taveira
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: O confronto dos atletas ficou marcado até hoje. Reprodução/Instagram

Caio Ibelli foi ameaçado por fãs de Gabriel Medina através das redes sociais. Os fãs mais assíduos de Medina ainda não digeriram muito bem a derrota do campeão mundial nas oitavas de final do MEO Rip Curl Pro Portugal, após uma interferência polêmica cometida pelo atual líder do ranking e que acabou por “oferecer” o triunfo ao compatriota Caio Ibelli, que luta por manter-se na elite mundial em 2020.

As redes sociais de Ibelli foram atacadas por comentários de fãs de Gabriel Medina e houve até quem se excedesse e ameaçasse o jovem brasileiro de morte.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Caio Ibelli, então, se pronunciou sobre o caso. Confira seu depoimento:

“Fala Pessoal,
Primeiramente, muito obrigado pelas mensagens de apoio! Hoje acordei de manhã e, graças a Deus, meu inbox estava muito diferente de quando fui dormir. Estava transbordando de mensagens boas. O que aconteceu na nossa bateria não foi legal nem pra mim que passei. Saí da bateria totalmente quieto, semblante fechado, respeitando o Medina, o time dele e a situação. Eu e minha família ficamos sem dormir e foram tristes os ataques que recebemos durante esse tempo, muitas vezes por pessoas que não surfam ou são fãs do esporte. Recebemos todos tipos de mensagens. Foi muito triste ver minha mãe daquela maneira lendo os comentários sobre o filho. Graças a Deus, está tudo mudando e as mensagens boas estão vindo.
Em momento algum quis causar interferência ou tentar prejudicar o meu adversário. Só segui o que o juiz e a placa me mostravam e naquele momento estava tentando reverter a situação com o meu surf. A WSL postou a versão oficial do porquê a decisão foi mantida e está lá para quem quiser ver ou tem dúvidas. Eu só sou um surfista profissional fazendo o que mais amo na vida e estarei na terceira bateria das quartas-de-finais tentando o meu melhor para ir longe nesse evento.
Obrigado a todos pelo carinho.”

View this post on Instagram

Fala Pessoal, Primeiramente, muito obrigado pelas mensagens de apoio! Hoje acordei de manhã e, graças a Deus, meu inbox estava muito diferente de quando fui dormir. Estava transbordando de mensagens boas. O que aconteceu na nossa bateria não foi legal nem pra mim que passei. Saí da bateria totalmente quieto, semblante fechado, respeitando o Medina, o time dele e a situação. Eu e minha família ficamos sem dormir e foram tristes os ataques que recebemos durante esse tempo, muitas vezes por pessoas que não surfam ou são fãs do esporte. Recebemos todos tipos de mensagens. Foi muito triste ver minha mãe daquela maneira lendo os comentários sobre o filho. Graças a Deus, está tudo mudando e as mensagens boas estão vindo. Em momento algum quis causar interferência ou tentar prejudicar o meu adversário. Só segui o que o juiz e a placa me mostravam e naquele momento estava tentando reverter a situação com o meu surf. A WSL postou a versão oficial do porquê a decisão foi mantida e está lá para quem quiser ver ou tem dúvidas. Eu só sou um surfista profissional fazendo o que mais amo na vida e estarei na terceira bateria das quartas-de-finais tentando o meu melhor para ir longe nesse evento. Obrigado a todos pelo carinho.

A post shared by Caio Ibelli (@caioibelli) on

Apoio dos amigos

A situação provocou reação de outros atletas. Jadson André, por exemplo, saiu em defesa do companheiro, publicando vídeos nas redes sociais. O surfista frisou que mesmo sendo muito mais amigo de Medina do que de Caio Ibelli, deixa de reconhecer a infelicidade da situação.

Vários surfistas da elite mundial, como os brasileiros Yago Dora, Jesse Mendes e Italo Ferreira e o francês Jeremy Flores apoiaram o discurso de Jadson. O próprio Caio Ibelli, agradeceu o apoio, assim como a namorada Alessa Quizon. A havaiana e ex-top mundial frisou que Caio Ibelli “não merece ser tratado da forma que está a ser”.

Leia mais: Camila Cássia é campeã do Circuito Brasileiro de Surf Feminino

Tatiana Weston-Webb é a primeira surfista brasileira a se classificar para as Olimpíadas de 2020

Polêmica envolve Gabriel Medina e o elimina da etapa portuguesa do circuito mundial