Candidato à presidência do Boca Juniors quer “pacotão” que inclui Felipe Melo, Guerrero e Felipão

Cartola ainda citou Daniel Alves e Cavani como metas de contratação para o Boca

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Cesar Greco/Agência Palmeiras

O elenco do Boca Juniors pode ser recheado de estrelas do futebol sul-americano se o candidato José Beraldi, que é da oposição, for eleito à presidência do clube.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Em entrevista recente à rádio Mitre, da Argentina, o cartola revelou quais são seus desejos para o elenco caso seja escolhido como novo mandatário do clube mais popular do país.

“Se eu for presidente do Boca, gostaria de trazer o Felipe Melo. E, se estivesse agora como presidente, Daniel Alves não me escapava. Outro que gostaria de ter é Paolo Guerrero”, disse o dirigente à emissora.

Beraldi foi diretor de futebol do Boca quando Mauricio Macri, presidente da Argentina, foi dirigente do clube. O estilo do candidato é trabalhar com medalhões e outros que podem aparecer no elenco, segundo ele, são uruguaios.

“Cavani me disse que quer vir para o Boca. O mesmo me disseram Torreira (do Arsenal) e Godín (da Inter de Milão).”

Para comandar o show de astros, Beraldi também tem seu escolhido: ninguém menos que o técnico atual campeão brasileiro pelo Palmeiras, Luiz Felipe Scolari.

“Os resultados mandam. Se Alfaro ganhar o título, ele continua. Caso contrário, tenho em mente trazer o Luiz Felipe Scolari.”

O Boca Juniors está na semifinal da Copa Libertadores da América e disputa a vaga contra o arquirrival River Plate. Na partida de ida, vitória por 2 a 0 do adversário, no Monumental de Nuñez. A volta será no dia 22 de outubro, em La Bombonera.

Leia mais:
VAR rubro-negro? CBF não responde acusações do Palmeiras sobre favorecimento ao Flamengo, diz blog

Coração vascaíno, piada com o Flamengo e VAR: veja 5 vezes que Chacrinha e futebol tiveram tudo a ver