Carille lamenta não ter contratado Rodriguinho, Gabigol ou Roger Guedes para ajudar Boselli

Treinador do Corinthians afirmou que tem boa relação com o jogador argentino e que tentou encontrar opções para potencializar o desempenho do jogador

Rafael Brayan
Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O atacante Mauro Boselli marcou novamente com a camisa do Corinthians como titular, em empate contra o Athletico Paranaense, nesta quinta-feira (10), na Arena. Muito elogiado pela torcida nas redes sociais, o jogador argentino também foi assunto na entrevista do treinador Fábio Carille, que afirmou ter boa relação com o atacante alvinegro.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

“A nossa relação é maravilhosa. Tive o prazer de ver a coletiva. Falaram mais do que foi. Quando contrataram Boselli, falei com ele por telefone”, disse Carille. O comandante ainda afirmou que o Corinthians foi atrás de reforços importantes para tentar ajudar Mauro Boselli.

“O clube tentou, Andrés tentou Gabigol, Rodriguinho… Precisamos de jogadores mais agudos, Boselli sabe terminar bem a jogada. Nossa característica de Corinthians. Não conseguimos trazer jogadores para encaixar. Infelizmente, não conseguimos Roger Guedes, Gabigol… Não só eu, mas diretoria também sabe que precisamos buscar mais esse jogador para potencializar o camisa 9”, comentou o treinador do Corinthians.

Fábio Carille ainda ressaltou que o clube já estuda novas contratações para 2020 e afirmou estar em sincronia com a diretoria alvinegra. “Já fizemos reuniões para discutir reforços. O que eu penso, diretoria também pensa. Isso é legal para a gente caminhar para o mesmo lado. Foram contratados jogadores. Quase 90% dos contratados passaram pela minha avaliação. A gente sabe que precisa de jogadores com ambição, que incomodem o adversário, que busquem o gol para jogar perto do camisa 9”, concluiu.

LEIA MAIS:

Carille admite manter Love e Boselli no Corinthians: “pode dar certo”

Jogo contra o Athletico registra o segundo pior público pagante da Arena Corinthians em 2019