Casemiro admite que a seleção brasileira não atuou bem contra Senegal: “Temos que melhorar muitas coisas”

Seleção brasileira decepcionou no primeiro compromisso desta data Fifa

Bruno Romão
22 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Mesmo com Neymar e companhia em campo, a equipe de Tite não conseguiu vencer Senegal. O início, com Firmino marcando um belo gol, dava indícios de uma vitória. Porém, o ritmo não continuou o mesmo e o adversário chegou ao empate, e por pouco não virou o jogo na segunda etapa.

Diante disso, Casemiro, um dos pilares do time, falou sobre a atuação coletiva em Singapura. Para ele, o desempenho não condiz com o que foi apresentado na Copa América, e é preciso haver uma melhora. A chance para isso acontecer será diante da Nigéria, no domingo (13).

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!!

”É um pouco complicado você vir falar dos últimos três amistosos, você empata dois e perde um. Acho que é um pouco complicado analisar uma coisa em específico. Nós sabemos que temos que melhorar muitas coisas, principalmente pela equipe que fomos na Copa América”, declarou.

Apesar disso, o volante garantiu que todos estão empenhados em fazer uma boa apresentação no jogo seguinte. Sendo assim, Tite está trabalhando para que tudo seja melhorado e não só a intensidade no setor ofensivo.

”Estamos trabalhando pra não melhorar só a intensidade, mas a parte tática, técnica e em todos os aspectos”, declarou.

O segundo compromisso da seleção brasileira pode marcar a presença de nomes que tiveram poucos minutos contra Senegal. Além dos jogadores que entraram na segunda etapa, como Renan Lodi e Matheus Henrique, outros jogadores como Gabigol e Rodrigo Caio, que ficaram os 90 minutos no banco, podem ganhar uma chance com Tite.

LEIA MAIS