Casemiro admite que a seleção brasileira não atuou bem contra Senegal: “Temos que melhorar muitas coisas”

Seleção brasileira decepcionou no primeiro compromisso desta data Fifa

Bruno Romão
23 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Mesmo com Neymar e companhia em campo, a equipe de Tite não conseguiu vencer Senegal. O início, com Firmino marcando um belo gol, dava indícios de uma vitória. Porém, o ritmo não continuou o mesmo e o adversário chegou ao empate, e por pouco não virou o jogo na segunda etapa.

Diante disso, Casemiro, um dos pilares do time, falou sobre a atuação coletiva em Singapura. Para ele, o desempenho não condiz com o que foi apresentado na Copa América, e é preciso haver uma melhora. A chance para isso acontecer será diante da Nigéria, no domingo (13).

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!!

”É um pouco complicado você vir falar dos últimos três amistosos, você empata dois e perde um. Acho que é um pouco complicado analisar uma coisa em específico. Nós sabemos que temos que melhorar muitas coisas, principalmente pela equipe que fomos na Copa América”, declarou.

Apesar disso, o volante garantiu que todos estão empenhados em fazer uma boa apresentação no jogo seguinte. Sendo assim, Tite está trabalhando para que tudo seja melhorado e não só a intensidade no setor ofensivo.

”Estamos trabalhando pra não melhorar só a intensidade, mas a parte tática, técnica e em todos os aspectos”, declarou.

O segundo compromisso da seleção brasileira pode marcar a presença de nomes que tiveram poucos minutos contra Senegal. Além dos jogadores que entraram na segunda etapa, como Renan Lodi e Matheus Henrique, outros jogadores como Gabigol e Rodrigo Caio, que ficaram os 90 minutos no banco, podem ganhar uma chance com Tite.

LEIA MAIS