Comentaristas criticam fala de Neymar sobre levar a seleção nas “costas” e ter privilégios; veja as opiniões

Declarações do jogador da seleção brasileira vem dando o que falar no mundo da bola

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

A entrevista coletiva de Neymar nesta quarta-feira, em Singapura, onde ele disse que foi um dos jogadores que carregaram a seleção nas “costas” foi analisada pelos principais jornalistas e comentaristas do futebol brasileiro.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Na entrevista, o camisa 10 defendeu que certos jogadores tenham um tratamento diferenciado em relação aos demais atletas do time e admitiu que tem privilégios na seleção de Tite.

“Estou na seleção há dez anos. Sempre fui um dos principais nomes e um dos que carregava tudo nas costas. Nunca fugi disso. Sempre desempenhei meu papel muito bem na seleção”, disse Neymar.

“Quando um atleta atinge um nível desse, é normal ter um tratamento diferente. No Barcelona, o Messi tem um tratamento diferente. É por que ele é mais bonito? Não. É por tudo que ele faz. Não digo só de mim, mas de todo mundo que mostra um futebol nesse nível. É normal no futebol, faz parte”, completou.

Em uma postagem no Twitter, o apresentador do SporTV André Rizek rebateu o atacante do PSG.

“Nem o Pelé pode dizer que carregou o Brasil nas costas. Nem o Romário em 1994, nem o Ronaldo em 2002. Talvez o Garrincha em 1962, mas ele jamais diria. Em que mundo vive o Neymar???”, escreveu.

Os blogueiros do Uol também comentaram a declaração de Neymar. Eles foram questionados se a história na seleção faz o brasileiro merecer privilégios.

Veja algumas opiniões:

Andrei Kampff

Não. Histórico, desempenho, conquistas são referenciais para valorização financeira, nunca para garantir privilégios. Quem ganha mais, já ganha mais, e não pode ser tratado de maneira diferente. Vale pro futebol como vale pra vida.

Mauro Cezar

Não! Mas sem ele o valor de mercado da seleção brasileira em jogos amistosos e afins despenca. Por essas e outras não se imagina que perca os paparicos.

Milton Neves

Quanto mais porrada esse mascarado leva, mais irresponsável fica. Que privilégio você merece, moleque? Só o privilégio de ser convocado até quando não merece, como ultimamente. E como “te vi nascer” aos 16 anos e inventei o imbecil “Neymar Arantes do Nascimento, anote aí que o Pelé, que era o Pelé e que jogava 11.678.456 vezes mais do que você, exigiu um só “privilégio” na seleção: ficar no mesmo quarto de Joel Camargo na Copa de 70. Ele queria proteger Joel de sua sisudez, complexo e decepção pela reserva. Aprenda, menino mimado e genial! Genial e o mais odiado no mundo do futebol, no planeta todo.

PVC

Nenhum jogador merece privilégios. Todos os jogadores merecem atenção. Algumas necessidades, em alguns momentos, podem ser especiais. Mas isso não pode significar privilégios.

LEIA MAIS: