Confira a trajetória do Sampaio Corrêa até a final da série C

Bolívia fez a segunda melhor campanha da fase de grupos e avançou à decisão sem dificuldades

Matheus Leal
Colaborador do Torcedores.com e do Hashtag Rubro-Negro.

Crédito: Lucas Almeida/Sampaio Corrêa

O Sampaio Corrêa está de volta à Série B. Porém, o acesso pode ser coroado com o título do Brasileirão Série C. Neste domingo, a “Bolívia Querida”, como é conhecido, recebe o Náutico no Castelão (MA), às 16h (horário de Brasília) e precisa tirar uma diferença de dois gols. Na ida, o Timbu venceu por 3 a 1.

O Sampaio teve uma campanha respeitosa. Na fase inicial, terminou com a segunda melhor campanha geral, ficando atrás justamente do Náutico, adversário da decisão. Foram 18 jogos, nove vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Um aproveitamento de 57,4%. A equipe marcou 22 gols e sofreu 19.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!!

Se a fase inicial foi relativamente tranquila, o mata-mata foi com sustos. Principalmente nas quartas de final, que é a fase que realmente interessa na Série C, já que quem avança se classifica para a Série B. O Sampaio enfrentou o São José-RS e, no primeiro jogo, fora de casa, ficou no 0 a 0. Na volta, fez o resultado em casa: 3 a 2.

Se nas quartas foi sofrido, na semifinal a Bolívia avançou à decisão com tranquilidade. A equipe venceu o Confiança nas duas partidas: 2 a 0 fora de casa e 1 a 0 em seus domínios. Contra o Náutico, para conquistar o título, terá que fazer o que não conseguiu ainda: vencer o Timbu. Assim como no primeiro jogo da final, o Sampaio perdeu os dois jogos da fase de grupos.

LEIA MAIS

Presidente da Fifa lamenta calendário brasileiro e questiona: “Sério?”

Calendário 2020 da CBF tem redução dos Estaduais e conflita com Carioca e Paulistão