Copa do Mundo de Rugby 2019: Confira o que está em jogo na rodada final

A última rodada da Copa do Mundo de Rugby 2019 promete fortes emoções, para aqueles que ainda poderão ir a campo neste fim de semana.

Rodrigo Nascimento
Colaborador do Torcedores.com, amante dos esportes americanos e do automobilismo.

Crédito: Twitter Oficial da Copa do Mundo de Rugby

Apesar de comprometida por conta da passagem do tufão Hagibis ao sul do Japão neste fim de semana, a Copa do Mundo de Rugby 2019 promete fortes emoções na rodada final da fase de grupos.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Algumas seleções ainda brigam por uma vaga na fase de quartas de final. Outras, ainda sonham com uma remota possibilidade de pelo menos, assegurar uma vaga na próxima Copa do Mundo de Rugby. E tem aqueles que querem apenas se despedir com uma vitória.

Confira abaixo um panorama de cada grupo para esta rodada final da primeira fase da Copa do Mundo de Rugby 2019, feita pelo especialista em estatísticas, Victor Herman:


GRUPO A:

1º Japão (vs Escócia) – 14 Pontos
2º Irlanda (vs Samoa) – 11 pontos
3º Escócia (vs Japão) – 10 pontos

As três seleções já estão classificadas para a Copa do Mundo Rugby 2023. O Japão precisa de ao menos um empate para se classificar (cenário que não é tão impossível de acontecer*), enquanto uma derrota praticamente elimina o Japão. Com uma vitória da Escócia (sem ponto bônus), ambas as seleções vão para 14 pontos, e a Escócia ultrapassa no confronto direto, e também porque a Irlanda (com 11 pontos), deve vencer Samoa, chegar até os 15 pontos (sem contar ponto bônus) e garantir a primeira posição. Uma possibilidade para os japoneses se classificarem mesmo com uma derrota é fazer a pontuação bônus de 4 tries, ir a 15 pontos e deixar a Escócia com 14. Ou perder por no máximo 7 pontos de diferença, ganhando também o ponto bônus.

*vale lembrar que a partida entre Japão e Escócia ainda está em análise pela organização da Copa do Mundo de Rugby, correndo o risco de ser cancelada por conta do tufão Hagibis, que deve atingir o sul de Tóquio neste fim de semana. Caso ocorra o cancelamento, o jogo será declarado empate em 00 a 00 e o Japão se classifica para as quartas de final na segunda colocação, enquanto a Escócia é eliminada do Mundial.


GRUPO B

1º Nova Zelândia – 16 pontos
2º Africa do Sul – 15 pontos
3º Itália – 12 pontos

Com o cancelamento do jogo entre All Blacks e Itália, por conta da passagem do tufão Higibis ao sul do Japão neste fim de semana, a situação do Grupo B já está totalmente definida. Com o empate declarado, a Nova Zelândia termina a primeira fase na primeira colocação, seguida pelos sul africanos que terminaram em segundo. A Itália, que ainda tinha uma remota possibilidade de avançar de fase, ficou na terceira colocação com 12 pontos, garantindo a sua presença na próxima Copa do Mundo de Rugby.


GRUPO C

1º Inglaterra – 17 pontos
2º França – 15 pontos
3º Argentina – 11 pontos

Outro grupo que já está praticamente definido por conta da “interferência” do tufão Hagibis. O duelo entre Inglaterra e França, que definiria o primeiro colocado do Grupo, foi cancelado, e com isso, os ingleses permanecem na liderança. A Argentina tem a terceira colocação assegurada, portanto, já está garantida na próxima Copa do Mundo de Rugby. Ainda resta uma última partida pelo grupo nesta última rodada, entre Estados Unidos e Tonga, que por enquanto, segue em análise. Ambas as equipes ainda não venceram nesta edição do Mundial.


GRUPO D

1º País de Gales (vs Uruguai) – 14 pontos
2º Austrália (vs Georgia) – 11 pontos
3º Fiji – 7 pontos
4º Geórgia (vs Austrália) – 5 pontos
5º Uruguai (vs País de Gales) – 4 pontos

Talvez seja o único grupo que manterá sua programação normal diante da passagem do tufão Hagibis. Os dois jogos marcados para este fim de semana seguem confirmados (País de Gales e Uruguai está sob análise), e podem definir algumas situações. Se por um lado, Gales e Austrália já estão confirmados na próxima fase, ambas as seleções ainda disputam a liderança do grupo. Gales pode até mesmo garantir a liderança já nesta sexta, caso a Austrália sofra um revés diante da Geórgia. Inclusive, caso o jogo entre Gales e Uruguai seja cancelado, a liderança ficaria com os galeses, que superam os Wallabies nos critérios de desempate. Para avançar para a próxima fase na primeira colocação, os australianos precisam vencer a Geórgia e conquistar ainda o ponto bônus (anotar quatro tries na partida), e torcer por uma derrota dos galeses para os uruguaios, sem conquistar algum tipo de ponto bônus.

Fora desta rodada, o que resta a seleção de Fiji é torcer pela derrota de seus adversários diretos pela terceira colocação do grupo (Geórgia e Uruguai), para voltar a competição em 2023. Com um empate dos adversários diretos, Fiji também se garante.

Georgia precisa vencer, indo a pelo menos 9 pontos, e desta forma, não precisaria se preocupar tanto com o Uruguai, que mesmo se vencer com quatro tries, chegaria também aos 9 pontos e perderia no confronto direto.

Para os uruguaios, não há mistério: tem que torcer por uma derrota da Geórgia diante da Austrália, e fazer a sua parte, que é conseguir a façanha de vencer País de Gales. Qualquer outra combinação de resultados, favorece a Geórgia ou Fiji.


LEIA MAIS:
Pilotos da Renault participam de desafio de Rugby no Japão
Rugby: comitê da Copa do Mundo cancela partidas devido ao tufão Hagibis