CSA está definido para enfrentar o Internacional no Brasileirão; veja escalação

Azulino alagoano tem compromisso importantíssimo na luta contra o temido Z4

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Francisco Cedrim/RCortez/CSA

Com três triunfos seguidos em casa, o CSA recebe o Internacional nesta quarta-feira (9), às 19h15 (de Brasília), em confronto válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Precisando dos três tentos para sair da degola, o time comandado por Argel Fucks vai a campo com algumas alterações em relação à equipe que bateu o Avaí na rodada passada.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Titular na defesa, Alan Costa é baixa pelo acúmulo de cartões amarelos, sendo então substituído por Ronaldo Alves. Além dele, João Vitor (virose) e Euller (dores da panturrilha) também são desfalques certos.

Sendo assim o time azulino vai para o embate com: Jordi, Apodi, Ronaldo Alves, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, Dawhan, Jean Kléber, Jonatan Gómez; Héctor Bustamente e Ricardo Bueno

PARA DEIXAR O Z4

Após o triunfo sobre o Avaí em confronto direto na última rodada do Brasileirão, o CSA reanimou suas esperanças de sair da zona de rebaixamento. Para isso, a equipe de Argel Fucks precisa fazer a “lição de casa” contra o Internacional e torcer para um tropeço do Ceará no embate diante do Grêmio, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA
CSA X INTERNACIONAL

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 9 de outubro de 2019 (quarta-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Arbitragem: Vinicius Furlan (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Enderson Emanoel Turbiani da Silva (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Provável CSA:Jordi, Apodi, Ronaldo Alves, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, Dawhan, Jean Kléber, Jonatan Gómez; Héctor Bustamente e Ricardo Bueno
Técnico: Argel Fucks

Provável INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor, Emerson Santos, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick, Neilton e Nico López; Guilherme Parede.
Técnico: Odair Hellmann

LEIA MAIS: