Após ter saída especulada, Dybala planeja volta por cima na Juventus: “Quero provar meu valor”

Tendo permanecido no time italiano, Dybala deseja recuperar o posto de titular absoluto com suas apresentações

Bruno Romão
22 anos, estudante de Jornalismo, amante da escrita, natural de Campina Grande (PB) e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação/Juventus

O nome do camisa 10 foi ventilado no Manchester United, Tottenham e PSG na última janela de transferências. No entanto, nenhuma negociação avançou, e o argentino se manteve no elenco da Juventus e quer ganhar sequência com Maurizio Sarri. Em entrevista ao jornal ”Corriere di Torino”, o meia-atacante relatou como foi a experiência de quase ter saído do clube.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

”Não foi um verão fácil. Ouvir seu nome sendo colocado em cada equipe e em cada lugar, para onde você não quer ir, não é algo bom. Isso é futebol, mas antes do mercado começar, eu disse: ‘Quero ficar aqui’. Eu acho que era mais importante conversar dentro de campo, mesmo que não soubéssemos o que aconteceria até o último dia. Mas, repito, queria ficar, queria jogar aqui e continuar minha carreira na Juve. Acho que ainda posso dar muito e contra a Inter vimos um pouco disso”, declarou.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Dybala também revelou estar mais leve sob o comando de Sarri. Além disso, ponderou sobre as diferenças em relação ao ex-treinador, Massimiliano Allegri.

“Eu estou mais leve e muito calmo. Estava convencido de que com ele começaria a me divertir e trabalhar para provar meu valor. E é isso que estou tentando fazer. Com Allegri, havia maneiras diferentes de jogar. Fizemos muitas coisas com ele, depois das quais acho Sarri um pouco mais ofensivo. Teremos que ver o que acontece durante a temporada’‘, completou.

Por fim,o argentino declarou quais seus objetivos na Juventus. Depois de bater a Inter de Milão, jogo em que marcou, deixou claro que o time precisa ser um pouco mais respeitado na Europa, mediante seus últimos feitos.

“Quero provar meu valor.  Algo que tenho que fazer por mim e pela Juventus, é claro. Eles (Inter de Milão) não haviam perdido na liga. Agora somos o único time invicto da Europa. Quando falamos da Juventus, às vezes precisamos ter um pouco de respeito”, sentenciou.

LEIA MAIS