Edenilson fala em “apagão” após nova derrota do Inter; Parede se irrita e diz que faltou “dividir mais”

Com um gol sofrido de penalidade máxima no segundo tempo, Inter perdeu fora de casa para o CSA nesta quarta-feira

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Site Inter

O primeiro tempo até foi razoável e a bola entrou na rede adversária duas vezes, mas Guilherme Parede estava impedido e o Inter foi ao intervalo empatando em 0x0 contra o CSA, em Alagoas. Mas, na etapa completar, o colorado se repetiu e voltou a sucumbir, perdendo por 1×0 e agravando a crise que já dura quatro jogos sem vencer no Brasileirão.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Para Edenilson, o time voltou “desligado” no segundo tempo:

“A gente voltou desligado. Estávamos bem no jogo. Nosso time tem dessas de dar apagão. Temos que trabalhar para melhorar. Não sei explicar. A gente estava bem no primeiro tempo”.

O atacante Guilherme Parede, que substituiu Guerrero, foi ainda mais além e disse que o Inter precisava “dividir mais a bola” com o CSA.

“Dividir um pouco mais. Jogar o jogo deles, de ter vontade, de força, de botar o pé. Infelizmente saímos daqui com uma derrota. Mas tem muito jogo ainda”.

O colorado corre sérios riscos de fechar a rodada fora do G-6. No domingo, pressionado, recebe o Santos no Beira-Rio.

LEIA MAIS:

Ou joga, ou sai: inconformado, Renato “ameaçou” jogadores no intervalo contra o Flamengo

Volante do Grêmio considera duelo do dia 23 o “maior desafio” da era Renato

Dirigente do Grêmio se incomoda com Fox Sports e aconselha torcedor a trocar de emissora

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram