Ederson lamenta lesões de zagueiros no Manchester City: “Muito difícil para a nossa equipe”

Atleta de 26 anos analisou difícil situação no setor defensivo e comentou briga pelo título da Premier League

Felipe Gomes da Costa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Facebook Manchester City

Nesta terça-feira (08), o goleiro Ederson, destaque do Manchester City, comentou as lesões ocorridas com jogadores do setor defensivo da equipe. Em entrevista ao Daily Mail, o brasileiro lamentou as ausências dos zagueiros Aymeric Laporte e John Stones, carências que forçaram improviso defesa. Além das baixas, o goleiro analisou a disputa pelo título da Premier League, torneio onde o City é o atual bicampeão.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Lamentação de Ederson

Em seu comentário, Ederson lamentou as baixas na defesa, em especial de Laporte, titular na equipe comandada por Pep Guardiola.

“É muito difícil para uma equipe como a nossa ter lesões, especialmente se todas ocorrem no mesmo setor. Todos nós sabemos da incrível qualidade de Aymeric (Laporte) e o quão bom ele é na construção. Claro que sentimos sua falta”, afirmou.

Com as ausências, Guardiola tem optado por escalar Fernandinho na zaga, formando dupla com o argentino Nicolás Otamendi.

Luta pela Premier League

Ederson também analisou o impacto das baixas defensivas na luta do Manchester City pelo título da Premier League.

“Nós temos outros grandes jogadores que podem substituí-lo. Infelizmente, com a lesão de John Stones, nós só temos um zagueiro central de origem. Eu acho que a equipe precisa ser mentalmente forte para seguir jogando e vencer o Inglês”, disse.

Com campanha de cinco vitórias, um empate e duas derrotas, o City atualmente ocupa a segunda posição da Premier League, com 16 pontos. O líder Liverpool, que faz campanha de oito vitórias em oito partidas, soma 24 pontos.

Lesões

A primeira baixa confirmada na defesa dos citizens foi Laporte. O beque se machucou durante a vitória do Manchester City sobre o Brighton por 4 a 0, pela quarta rodada da Premier League. Com lesão no joelho, o espanhol deve retornar aos gramados apenas em 2020.

O segundo desfalque na zaga, o de John Stones, ocorreu durante treinamento na Ucrânia, antes da vitória de 3 a 0 do City sobre o Shakhtar Donetsk, pela primeira rodada da Champions League. Com lesão muscular, o britânico deverá ser liberado pelo departamento médico no dia 22 de outubro.

Leia mais: Globo comete gafe em jornal e coloca Palmeiras com escudo da seleção brasileira

Ingresso mais barato para Brasil x Senegal custa 293% mais que ticket mínimo mais caro do Brasileirão