Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Edilson ‘Capetinha’ é o novo comentarista da Band, diz colunista

Edilson ‘capetinha’ estava em fase de experiência na emissora do Morumbi

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL.

Crédito: Reprodução/Internet

Segundo o colunista Flávio Ricco do UOL, o ex-atacante de Corinthians e Palmeiras foi aprovado pela direção da Band e vai se juntar ao também ex-jogadores Denilson, Velloso e Ronaldo Giovanelli em programas como ‘Terceiro Tempo’ e ‘Jogo Aberto’. O ‘capetinha’ estava em fase de testes na emissora.

O ex-jogador que é figura fácil em programas como ‘Resenha ESPN’ e ‘Boleiragem’ do SporTV é reconhecido como contador de histórias do mundo da bola e se mudou de Salvador para São Paulo, já pensando em ser comentarista.

Você conhece a TV Torcedores? Clique e se inscreva!

No ano passado, antes da Copa do Mundo da Rússia, Edilson esteve próximo de acertar com o Fox Sports para comentar o Mundial, mas uma brincadeira considerada ofensiva, com o goleiro Jailson do Palmeiras, impediu o acerto.

“Zinho (comentarista do canal), você me falou do goleiro negão uma vez. Eu não esqueço disso. A gente tava jogando, Guarani e Palmeiras, e jogando, jogando, jogando, e o goleiro fazendo milagre, pegando cada bola. Aí eu passo por ele (Zinho) dentro do jogo: “Zinho, tu não vai fazer gol hoje?” Aí ele falou: “Esse goleiro é negão, daqui a pouco ele erra”. Aí 43, chutaram uma bola de longe, a bola entrou, e ele passou por mim correndo, comemorando: “Tá vendo o que eu falei? É goleiro negão. Goleiro negão sempre toma um gol”, disse o ex-jogador no Fox Sports, na época, e se defendeu:

“Quando fala uma coisa dessas, é em tom de piada”.

Como jogador, Edilson passou por Palmeiras, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Vasco, Kashiwa Reysol (JAP) e Benfica (POR).

LEIA MAIS

Advogada, sobre regulamentação dos e-sports no Brasil: “É preciso entender as necessidades de players”