Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Flamengo e River Plate estão na final da Libertadores, quem será o campeão? Vote!

Mengão atropela Grêmio no Maracanã e está na grande final da Copa Libertadores, enquanto River eliminou seu maior rival Boca Juniors

Bruno Rodriguez
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/CONMEBOL Libertadores

Os finalistas da Copa Libertadores de 2019 estão definidos. A grande final em Santiago será disputada por Flamengo e River Plate. A partida será dia 23 de novembro na capital chilena. Os dois clubes chegam a grande final depois de grandes campanhas no torneio e baterem grandes rivais.

Por que votar no Flamengo?

Por um lado temos o Flamengo demonstrando grande futebol e em fase sensacional. O Mengão goleou seu adversário na semifinal que era ‘apenas’ o Grêmio, campeão em 2017 e semifinalista em 2018. Depois de empatar no jogo de ida, o Flamengo atropelou o Tricolor por 5 a 0 no Maracanã.

A última derrota do rubro-negro no torneio foi para o Emelec no primeiro jogo das quartas de final no Equador. Desde então são 11 gols marcados em três vitórias e dois empates. Dessa maneira, não é a toa que o time carioca tenha o artilheiro da competição, Gabigol, com 7 gols marcados.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Por que votar no River Plate?

Enquanto do outro lado temos o River Plate com toda sua tradição. Os argentinos passaram em segundo no grupo do Internacional, mas cresceram no torneio. Eliminaram o Cruzeiro nas oitavas nos pênaltis, vale lembrar que a Raposa foi o melhor time da primeira fase, com 10 pontos.

Dessa maneira, depois de passarem pelo Cerro Porteño nas quartas, tiveram seu maior rival nas semifinais, o Boca Juniors. A vitória em casa no jogo de ida por 2 a 0 deu ao River o luxo de perder para o rival na Bombonera e mesmo assim se classificar. Destaque para os atacantes Ignacio Fernández e De La Cruz que têm 3 gols cada nesta edição da Libertadores.

 

Leia Mais:

Gabigol marca duas vezes, ultrapassa Scarpa e dois argentinos, e se isola na artilharia da Libertadores 2019