Flamengo não recebe de patrocinador há 2 meses e estuda o rompimento contrato

Patrocinadora enfrenta grave crise financeira e atrasou valores acordados; Rubro-Negro analisa situação

Brendo Romano
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação Flamengo

O Flamengo está há 2 meses sem receber o valor do patrocínio, o clube carioca estuda se irá romper o contrato com a Universidade Brasil. A empresa está desde 2017 expondo a sua marca no omoplata das camisas do rubro-negro carioca. Flamengo recebe 2 milhões pelo acordo com a Universidade

Além do atraso no pagamento, o dono da instituição José Fernando Pinto da Costa foi preso por suspeita de fraude no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do Governo Federal. Fator que é visto internamente pela diretoria do Flamengo como motivo para rompimento do contrato.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Vale ressaltar, que a empresa oferece 50% de descontos a torcedores do mengão, seja em cursos presenciais ou à distância. Já para pessoas com honorários inferiores a dois salários mínimos as bolsas podem ser integrais. Funcionários do clube carioca também foram contemplados com os descontos da Universidade.

A universidade Brasil não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, o Flamengo já conversa com eventuais parceiros para assumir a vaga, e um novo parceiro poderá assumir em breve. Além do rubro-negro a patrocinadora também estampa as camisas do Corinthians, Atlético-MG e a Seleção Brasileira.

Confira os valores arrecadados pelo Flamengo em patrocínios

O Flamengo recebe em patrocínios cerca de 60 milhões pela exibição da marca de seus parceiros no uniforme. Veja a lista:

  • Caixa (patrocínio máster) – o clube recebe R$ 25 milhões
  • Carabao (ombro) – R$ 15 milhões
  • MRV (costas superior) – R$ 7 milhões
  • Yes! (barra-abaixo do número) – R$ 6 milhões
  • Tim (estampa dentro do número) – R$ 4 milhões
  • Universidade Brasil (omoplata) – R$ 2 milhões
  • Kodilar – cerca de R$ 500 mil

LEIA MAIS
Notícias do Flamengo: veja o que rolou nesta quinta-feira (01)