Fórmula 1: Kubica critica estratégia da Williams no GP do Japão

Piloto disse que a equipe passou dos limites por remover asa dianteira dos carros para a disputa da prova. Robert Kubica foi o último a cruzar a linha de chegada já que Max Verstappen não concluiu a prova. 

Carlos Henrique Correia
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução / Facebook Oficial ROKiT Racing Williams

Última colocada na classificação do mundial de construtores, a Williams está em busca de fazer melhorias em seus carros. No último fim de semana, por exemplo, os dois pilotos revezaram, por estratégia da equipe, um exemplar de asa dianteira já na abertura dos treinos livres para o GP do Japão, realizado em Suzuka.

Kubica ficou na expectativa de manter a asa na classificação e também na corrida, mas a equipe britânica optou por não utilizá-la. Decisão que não agradou ao condutor do carro #88. O polonês terminou o treino de classificação como 19º colocado. Na corrida, não terminou à frente de ninguém.

“A sexta-feira foi muito boa. Pela primeira vez em muito tempo. Meu carro ficou muito melhor. No entanto, por razões estranhas, a asa foi retirada do meu carro antes da qualificação. A equipe passou dos limites”, disse o piloto a uma televisão polonesa.

Já a equipe enviou um comunicado ao Motorsport.com com alguns esclarecimentos. “Nossa nova asa dianteira foi planejada como um item de teste para este evento, com vista a uma corrida em uma data futura. Com o impacto potencial do tufão Hagibis forçando o cancelamento de todos os treinos no sábado, a equipe tomou a decisão de não arriscar a nova asa para não sofrer danos antes de realizarmos mais testes no México. Dados os incidentes na qualificação, foi a decisão correta”.

Tradicional equipe da Fórmula 1, o ano da Williams não condiz com a sua história. Campeã de construtores em nove oportunidades e com passagens de importantes nomes do automobilismo mundial no currículo, como Ayrton Senna, Alain Prost, Nigel Mansell, Nelson Piquet, Damon Hill entre outros, 2019 deve ser esquecido pela equipe. Na atual temporada conquistou apenas um ponto.

LEIA MAIS

Bandeirada antes da hora faz acidentado Pérez pontuar no Japão