Gabigol marca duas vezes, ultrapassa Scarpa e dois argentinos, e se isola na artilharia da Libertadores 2019

Atacante do Flamengo marcou o segundo e o terceiro gol da partida de volta da semifinal que colocou a equipe rubro-negra na grande decisão, contra o River Plate

Rafael Brayan
Apaixonado pelo estudo do esporte mais praticado no mundo.

Crédito: Divulgação/Libertadores

Autor do segundo e do terceiro gol da goleada por 5 a 0 e classificação do Flamengo na partida contra o Grêmio nesta quarta-feira (23), o atacante Gabigol ultrapassou o número de gols dos artilheiros desta edição da Copa Libertadores da América. Com a vaga na decisão contra o River Plate, o camisa 9 rubro-negro tem grande chance de terminar a competição como maior goleador da competição.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Na partida de semifinal contra o Grêmio, o jogador do Flamengo e recém-convocado para a seleção brasileira chegou ao sétimo gol nesta edição da Libertadores. Gabigol deixou para trás o meia Gustavo Scarpa, do Palmeiras, e dois argentinos: Marco Ruben, do Athletico Paranaense, e Adrían Martínez, do Libertad-PAR. Os três lideravam com seis gols marcados casa.

O principal concorrente ao troféu de artilheiro de Gabigol agora é o seu companheiro, Bruno Henrique. Com dois gols a menos, o atacante do Flamengo abriu o placar no confronto contra o Grêmio, no estádio do Maracanã, e é o segundo jogador da final com mais gols. Do lado do River Plate, o volante Ignacio Fernandez é o atleta que mais balançou as redes na Libertadores (três vezes).

Confira a lista de artilharia desta edição da Copa Libertadores:

  1. Gabigol, do Flamengo – 7 gols marcados
  2. Adrían Martínez, do Libertad-PAR – 6 gols marcados
  3. Marco Rúben, do Athletico Paranaense – 6 gols marcados
  4. Gustavo Scarpa, do Palmeiras – 6 gols marcados
  5. Bruno Henrique, do Flamengo – 5 gols marcados
  6. Ricardo Oliveira, do Atlético Mineiro – 5 gols marcados
  7. Patricio Rubio, do Universidad Concepción – 5 gols marcados

Siga o Torcedores também no Instagram

Grande destaque do futebol brasileiro, a dupla de ataque do Flamengo entrará em campo na grande decisão. Pendurado, Bruno Henrique não levou o terceiro cartão amarelo e estará disponível para o treinador Jorge Jesus. A partida acontecerá no dia 23 de novembro, em Santiago, no Chile, contra o River Plate-ARG, que eliminou o rival Boca Juniors na última terça.


LEIA MAIS:

Neto dispara contra Jorge Jesus e diz que Renato Gaúcho é “muito mais treinador”

Flamengo x Grêmio: Gabigol faz gol, levanta cartaz e leva amarelo; veja