Glaico França está em ótima fase no MMA e analisa o começo de carreira

Lutador campeão do The Ultimate Fighter Brasil 4, perdeu duas, das três primeiras, lutas da organização. No MMA, já soma oito vitórias.

Carlos Henrique Correia
Colaborador do Torcedores

Crédito: Fotos Públicas/Alexandre Loureiro/Inovafoto/UFC

Glaico França foi campeão do TUF Brasil 4, em 2015. A partir desse momento, dava o passo mais importante da carreira, ao assinar contrato com o UFC, que faz parte da premiação para quem vence o torneio e ganhava visibilidade no cenário mundial. Mas o começo não foi nada fácil e a caminhada durou pouco. Dos três primeiros confrontos, o brasileiro perdeu dois.

Ao sair da organização, a história de França passou a ser diferente. Já são oito vitórias e na próxima sexta-feira (11), tem mais um desafio. Dessa vez, o adversário será o André Fialho, no GP do peso-meio-médio da Professional Fighters League (PFL). A luta será realizada em Las Vegas.

Quatro anos depois de ter conquistado o título do reality show, o atleta acredita que a falta de maturidade foi um dos principais fatores para que sua carreira no UFC não tenha durado mais tempo.

“Desde que deixei o UFC eu não perdi mais. Estava muito cru quando fui para o UFC. Eu me dedicava nos treinamentos, mas eu estava muito cru para o nível que eu estava lutando. Agora estou mais experiente, tive mais tempo para treinar e evoluir. Não sei se as pessoas sabem, mas quando eu cheguei na final do TUF, eu tinha apenas três anos como lutador profissional de MMA. Depois que tive tempo para adquirir mais bagagem, evoluí bastante como atleta”, revelou em entrevista ao site Combate.com.

Primeiro colado dos playoffs do GP de meio-médios, após conseguir uma vitória por nocaute e outra por finalização na PFL, está na expectativa de avançar na competição. O campeão recebe o prêmio de U$ 1 milhão. Caso vença o português, entra em ação novamente na mesma noite para disputar uma vaga na final da competição.

LEIA MAIS

Em busca do title-shot, Ketlen Vieira encara Irene Aldana no UFC 245