Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Guia da NBA temporada 2019-20: New Orleans Pelicans

Mesmo perdendo a estrela maior da equipe Anthony Davis, o New Orleans Pelicans serão um dos times mais observados na temporada, especialmente por Zion Willianson

Luiz Mutschele
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: reprodução/ New Orleans Pelicans

Normalmente perder o craque do time é algo que o time sofre para superar, porém no caso do New Orleans Pelicans esse trauma não chegou a ser sentido como poderia se imaginar, pois isso acabou ficando em segundo plano quando conseguiram trazer o novato que tem maior expectativa sobre ele desde Lebron James: Zion Williamson. Vamos saber um pouco mais sobre o time:

Títulos: 0

Chegadas: Lonzo Ball (armador, Los Angeles Lakers), Brandon Ingram (ala, Los Angeles Lakers), Josh Hart (ala-armador, Los Angeles Lakers), J.J Redick (ala-armador, Philadelphia 76ers), Derrick Favors (pivô, Utah Jazz).

Saídas: Anthony Davis (ala-pivô, Los Angeles Lakers), Julius Randle (ala-pivô, New York Knicks), Solomon Hill (ala, Memphis Grizzlies), Elfrid Payton (armador, New York Knicks), Stanley Johnson (ala, Toronto Raptors), Ian Clark (ala-armador, Xinjiang Flying Tigers, China), Cheick Diallo (ala-pivô, Phoenix Suns).

Rookies: Zion Williamson (1ª escolha), Jaxson Hayes (8ª escolha, via Atlanta Hawks), Nickeil Alexander-Walker (17ª escolha, via Brooklyn Nets), Didi (35ª escolha, via Atlanta Hawks).

Time-base: Lonzo Ball, Jrue Holliday, Brandom Ingram, Zion Williamson e Derrick Favors.

Campanha na temporada 18/19: 33 vitórias e 49 derrotas.

Expectativa: o “time do futuro”, assim pode ser definido o atual Pelicans. O fim da era Davis, que não trouxe nem de longe o resultado que se esperava, acabou sendo bom para o time iniciar o processo de reformulação da equipe. A ida dele para o Lakers, além de garantir escolhas futuras no Draft, ainda trouxe jogadores que chegam para jogar como Lonzo Ball e Brandom Ingram, que são talentosos e ainda podem evoluir.

Inicialmente o “cara” da equipe deverá ser Jrue Holliday, porém a tendência é que Zion logo tome o posto de protagonista. Ele vem impressionando na pré-temporada com médias de 23,3 pontos e 6,5 rebotes, mas ainda precisará ser testado ao longo temporada para ver se sentirá muito a diferença do basquete universitário para o profissional.

Esta temporada é pouco provável que o Pelicans encaixe, porém é atualmente um dos times mais promissores da NBA.

Leia mais:

Discussão sobre fim das conferências na NBA volta a pauta; isso é mesmo necessário?

Sobrinho de Scottie Pippen assina com Golden State Warriors